Sábado, 22 de Setembro de 2007

FINAL

  

As ondas batem suaves na transparência das águas; escondem as rochas e logo se desnudam num ritmo melódico. Um barco estremece e eleva-se na cadência rítmica do Oceano; outro barco balança as velas ao longe…um outro segue o seu destino. A Serra retoca os seus mil tons dourados; o Sol aquece a areia da praia e nos lugares mais altos as sentinelas vigiam a hora do meio-dia. Tudo se aquieta num tempo derradeiro; numa despedida de encanto e sente-se a Tua presença, qual farol ensinando o caminhante perdido a encontrar a estrada feita dos Teus cuidados.

A magia do silêncio, o canto da natureza junta-se ao musgo sedoso desse instante luminoso.

 

As ondas continuam a murmurar leves e nuas. Eu fixo o meu olhar no momento e usufruo desse milagre! Tudo é uma aventura constante!

Apenas Tu restas e és reflectida no embalar das ondas minúsculas e o tempo pára…e dá o esquecimento do Inverno tenebroso de terras a ruir, pontes a abater e gente a morrer.

 

Hoje, sei! Muitas situações vividas aconteceram!

 

O jogo de xadrez foi uma constante a acompanhar os últimos momentos.

 

E eu acordei; esfreguei os olhos de contente e tomei o meu lugar como um Peão que contribui, a seu modo, no analisar e no viver do meu pequeno espaço. E soube que a face do Mundo mudou e nada vai ser igual! Daí a acreditar que um Sonho à LUZ DO SENTIR pode mostrar a realidade – como uma espécie de filme ao ser projectado para um ecrã.

 

A época introduz-se num sonho de uma pessoa comum!...E mostra a VERDADE!

 

publicado por M.Luísa Adães às 19:52
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Carl Nasc a 23 de Setembro de 2007 às 11:47
Li mais uma vez os seus textos e, desta vez, todos, e pela ordem com que os colocou. São sonhos (você mesma o diz), ou melhor, fragmentos que parece recolher nessas suas viagens em semiconsciência , e como que pertencendo a uma outra dimensão, no limiar da realidade (esta ou outra), e que traz para a crueza fria do mundo onde materializa as palavras (digo as letras, palavra ortográfica e não o significado), e as transporta para fora da sua intimidade onde, naturalmente, reside o seu verdadeiro significado.

Fico com dúvidas, claro, ficaria sempre! A sua escrita é tão intimista…

Dirige-se frequentemente a uma segunda pessoa que, ao aparecer algumas vezes escrita com letra maiúscula, parece ficar divinizada. Deus? A abordagem subtil da injustiça social, a incredibilidade face ao 11 de Setembro, a cultura do Ópio, a (incorrecta) utilização da Natureza versus o seu usufruto, o Homem contra o Homem (não sei se aqui devia pôr letra maiúscula, se não!) são para si, afinal, responsabilidade do Homem criatura de Deus, ou de Deus (Ele mesmo)?

Bem (ou mal), fico por aqui…

Carlos


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2008 às 23:53
carlos nascimento a 23 Setembro de 2007

Agradeço o comentário aos Sete Degraus e gostaria de o tomar como Amigo.
Maria Luísa


De Simbologia do aMoR a 25 de Junho de 2009 às 05:02
Maria Luísa...
Diz-me e quanto ao meu jogo de xadrez?
Este jogo sempre coloquei nos meus poemas.
quando no final dei o xeque!
Sempre tentei ganhar e proteger porque eu amava
Aquele Rei, daquele castelo onde jurei amá-lo na Eternidade.
Mas sempre vejo dois Reis.
O do Céu e o da Terra.
Aquele a quem eu neguei e assassinei meu blog por achar que o sacrifício não valia a pena e o estampei com o rosto ensanguentado e aquele do palco verdadeiro onde pude beber da canção que embalaram meu coração.

Abraço. E chega!


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão