Sábado, 26 de Setembro de 2009

ESPERA!

 

                                                                                           

 

  Imagem Internet/ Salvador Dalí /  corde pulsum tangite...                                 

 

Espera!  Sossega!
 
Esta eu sou – a que procura,
A que sabe encantar
Amar o teu olhar
E fazer sentir-te bem,
Junto dela.
 
Esta eu sou  –  tu conheces
Ou pensas conhecer,
Mas pouco a escutas…
Quando fala o seu dizer.
 
Esta eu sou –  a que chora,
Pede alento
Te ama tanto.
 
E tu indiferente,
Olhas em frente!
 
Estou a teu lado
Não te quero tocar
Espero o teu olhar.
 
Mas tu indiferente
Olhas em frente!
 
Continuo a tentar
Chamar e abraçar
Abarcar o vácuo,
Do teu olhar.
 
Que mais posso fazer?
Dizer ou esquecer?
 
Subo as escadas
Exangue,
Dolorida,
Esmorecida.
 
Olho para ti lá do cimo
Chamo por ti em tom brando,
Tu não respondes...
 
E indiferente,
Olhas em frente!
 
Espera!  Sossega!
 
Esta eu sou  –  a chamar-te
Numa tentativa de te amar
E tu não respondes,
Continuas sem responder
Continuas indiferente,
O olhar em frente!
 
Quanta procura,
Quanta ânsia de loucura
E tu continuas,
Sem nunca me olhares!
 
Espera! Sossega!
 
Deixa de olhar em frente
Repara,
Eu estou a teu lado!...
 
 
Maria Luísa O. M. Adães
 
publicado por M.Luísa Adães às 11:18
link do post | favorito
De 100timento a 27 de Setembro de 2009 às 08:15
Amiga M.Luisa
Imagem...poema...tu...Divino!

Ainda ando distante de onde gostaria, mas sinto-me melhor e gostaria de deixar o que sinto junto a esse teu sentido poema.

Parti e voltei...
... e acabo sempre nas mesmas ruas, sinto-a a meu lado. Olho em busca do seu olhar e estou sozinho. Os degraus de um tempo que passa avidamente por nós, dão-nos a certeza da presença ausente um do outro. Tento adiantar-me aos dias, atrasando as memórias que guardo em mim sem nunca as ter vivido. Faço batota comigo mesmo. Corro á frente do sonho que à noite me abraça e me fala ao ouvido de um Amor real. E quando a manhã abre a porta, passeio-me pela vida, sigo a fantasia que a noite não me deu, e que os dias não sabem que existe. É na penumbra de um espaço mágico inventado, entre o crepusculo da noite e a brilho da Lua, que as nossas almas se tocam. É na alvorada da paixão, que os nossos lábios se cruzam, e os olhares se beijam. É entre o encanto do começo e o desencanto do fim do sonho que os nossos tempos se fundem, os nossos corpos se acertam e o nosso Amor acontece, num suspiro de saudade que morre aos poucos.
Percorro sempre as mesmas ruas, os mesmos sonhos, as mesmas fantasias. Partilho a caricia desejada, o beijo ansiado de uma presença ausente, num tempo que não é o meu.

Obrigado por poder neste teu cantinho deixar também álgo meu
Beijinhos e doce domingo


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2009 às 09:22
100timento

Aqui estás no meu recanto, cumprimenta-me como te apraz e conta-me dos teus encontros e desencontros, das tuas ilusões, dos teus sonhos, dos teus amores, encontrados, desencontrados, por esses caminhos e terras por onde andaste.

Conta-me tudo, olha meus olhhos e sente o encanto de poderes falar em liberdade e saudade, da tua forma de viver.

Estas almas que amam a poesia,
Almas errantes que sofrem, sem conhecer o caminho
por onde caminham.
Sofrem na ilusão da vida.

Só a vida é ilusão
tudo o resto, é a nossa ficção.
O corpo é ilusão,
Um dia desaparece...
Mas a Alma continua
Não morre, não envelhece.

E os poetas são loucos,
mas são verdadeiros

E te digo, não caso com um poeta - não quero!
Mas amo-o e não vou deixar de o amar!

E a ilusão permanece
Como um véu à nossa volta...

E regressar à chamada realidade é penoso, meu amigo, muito penoso.

Imagem...Poema...Tu...Divino!

Eis a tradução que esperava há muito!

Agradeço a tua presença neste recanto, onde foi
aprazível conversar contigo.

Beijos e volta sempre.

Maria Luísa


De 100timento a 27 de Setembro de 2009 às 15:14
M.Luisa...

trazes na tua poesia
farrapos de mar revolto
para amarrar à cintura
pois se há divino e prometido
sentimento palpitante
de rasgos de felicidade...
Teu amor regressará,
sem nunca ter partido...

... e eu leio-te,
entendo-te,
(penso que sim)
pois sempre nos transportas
pelas margens do teu espírito,
onde aqui e ali,
podemos vislumbrar
pedaços de ti.

beijinho do rui


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão