Quarta-feira, 18 de Março de 2009

NEM SEMPRE!

 

 

  

 

 Imagem Internet / Salvador Dali

 

 

 
 
Nem sempre se fala de amor,
Nem sempre se fala de nostalgia,
Nem sempre se fala o que se pensa,
Nem sempre se fala o que se sente,
Nem sempre se vive de euforia!
 
 
Nem sempre!
 
 
Apenas tu existes
No meu dizer de poeta,
Apenas tu me chamas de poeta,
Apenas tu sabes que sou poeta,
Apenas tu…e ninguém mais!
 
 
Nem sempre existo!
 
 
E vivo no encontro e desencontro
Do que sou,
Vivo da minha ilusão,
Vivo da minha insensatez
E da minha lealdade
 
 
 
Que ninguém sabe
Que ninguém vê
Que ninguém sente
Ou pressente,
Este meu dizer…
 
 
Nem sempre!
 
 
Tentem lembrar este meu canto,
Tentem apreciar
E não esquecer
Q que não vê
O que não sente.  
 
 
Nem sempre, assim é!
 
 
E a solidão e a luz da noite,
Cobrem com seu manto
Os céus e as estrelas
De quebranto…
.
 
Nem sempre!
 
 
Apenas eu fico,
Apenas eu espero,
Apenas eu suplico,
Talvez por ser poeta
Esquecido!
 
 
Nem sempre, eu sou!
 
 
Mas fico sempre esperando
Até àquele dia,
Perto ou distante,
Onde te possa encontrar
Beijar e amar
Sem parar,
Como se o meu mundo
Fosse morrer,
Naquele instante.
 
 
Nem sempre sinto,
Nem sempre!
 
 
E eu morro,
No desejo
Do meu Canto.
 
 
Nem sempre, eu morro!
 
 
Tudo o resto,
É poeira
E ar.
 
 
Mas nem sempre
Eu reparo,
Naquele instante.
 
 
Tento olvidar,
O meu dizer
De poeta
Por algum tempo,
 
 
O Teu Tempo...
E esquecer!
 
 
Maria Luísa adães 

 

publicado por M.Luísa Adães às 13:01
link do post | comentar | favorito
60 comentários:
De Maria João Brito de Sousa a 22 de Março de 2009 às 21:31
Obrigada, amiga. Eu até lhe dou as latinhas com uma colherzinha... mas também é uma situaçãocrónica antiga que se agudizou de repente. Ela tem uma insuficiência renal há muito tempo e tem estado com alimentação especial, embora nem sempre eu lha pudesse comprar. Mas agora come bastantes latinhas e já nem engorda. Está muito, muito magra.
Um abraço grande.


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2009 às 07:48
Mª. João

Problema da Maggie, insuficiência renal, é bastante
perigoso; então, tens de ter muita paciência, sei que tens, para poderes vencer e viver num ambiente que traduz incerteza, constante.
Peço a Deus por ti e por todos.
Não queria que ela sofresse! Mas temos de aguardar.

Beijos para todos e as melhoras; força para ti,

Maria Luísa


De Maria João Brito de Sousa a 23 de Março de 2009 às 10:35
Obrigada, amiga Maria Luísa. Também foi assim que a Lupa morreu. Mas a Minervinha, ontem, comeu duas latinhas à colher. É muito, mas cda vez está mais magrinha... mas ontem, por volta das 3h da madrugada, fiquei muito contente, porque ela, mesmo sem forças, viu uma borboletinha da noite, entusiasmou-se, e andou a tentar caçá-la. Claro que não conseguiu, mas é bom sinal ela fazer muito ron-ron e entusiasmar-se com uma borboleta.
Um abraço grande.


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2009 às 11:26
Mª. João

Foi bom o entusiasmo dela a tentar caçar a borboleta. Deus vai ajudar! Pode salvar-se se a doença se transformar em crónica e não avançar;
parar!
tenho um poema novo "Quando te amo..." , quando
possível ,dás uma opinião. obrigada pelas noticías.

Mª. Luísa


De Maria João Brito de Sousa a 23 de Março de 2009 às 12:49
Vou já ver, amiga. a Minervinha está aqui ao meu colo e agora tem ciúmes do pc e quer ir para cima dele... eheheh. É uma querida!
Beijo!


De M.Luísa Adães a 24 de Março de 2009 às 08:05
Mª. João

A Minervinha está cheia de mimo e merece!
Neste momento tem ciúmes de tudo até do pc e quer ir para cima dele, para desviar a tua atenção
que tem de ser só para ela...Só ela e merece, ainda
pode ter muito que passar. Mas o amor, pode
travar o problema dela. Não a descures!

Bºs, Mª. Luísa


De Maria João Brito de Sousa a 24 de Março de 2009 às 10:46
Eu sei, amiga. Agora o melhormedicamento que lhe posso dar é mesmo o "Amor". Acredito que é graças a ele que ela ainda está vivinha e parece querer começar a melhorar.
Beijo grande!


De M.Luísa Adães a 24 de Março de 2009 às 12:55
Mª. João

Eu, ainda, espero que ela melhore; se não acontecer vou chorar! Diz à Minervinha para não nos abandonar.
Melhoras e beijos para as duas,

Maria Luísa


De Maria João Brito de Sousa a 25 de Março de 2009 às 00:42
Ela está muito fraquinha, mas não chores... talvez ela se aguente. Ela come muito bem as latinhas.
Beijos para ti também!


De M.Luísa Adães a 25 de Março de 2009 às 07:42
Mª. João

Boas noticías "ela come bem as latinhas", mas o problema subsiste, talvez tenha sido uma crise e
ela ultrapasse, numa situação crónica, mas que não faça sofrer e a conserve por cá e ela se sinta, sempre, feliz contigo.
Eu gostaria de beijar e acariciar a minha maggie;
quantas saudades; ainda não passou!

As melhoras e tu cuida-te, para os ajudares.

Obrigada por escreveres; beijos para todos,

Mª. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão