Terça-feira, 2 de Dezembro de 2008

NATAL!...

 

 

 

 

 

 
 
A Concertina tocava!
 
Um cãozinho pedia
Uma esmola
Não para ele,
Para aquele
Que nele mandava.
 
A concertina tocava!
 
Como contar
Que se passava
Naquele viver
Triste a impontar.
 
A concertina tocava!
 
Deslocada nesta Cidade
Não pertencia à Cidade,
Pertencia àquele que tocava
E ao cãozinho que pedia
De olhos tristes
A quem passava!
 
Olhei,
Parei,
Analisei,
Senti,
Chorei …
 
E ele continuava a tocar
Não sei que toada
E o cãozinho cumpria
Um destino
Que não lhe pertencia!
 
Eu parti amargurada
Sem saber que fazer
E não fiz nada!
 
A concertina tocava!
 
Não sei que melodia
E eu derramei lágrimas
Escondidas
Contidas
No meu ser,
Mas nada pude fazer!
 
A concertina tocava!
 
Eu de olhos tristes
Chorava,
O rapaz tocava
O cãozinho pedia
Nada sabia,
Do tempo
Que se aproximava!
 
E se o mundo sorrisse
E nos desse a mão
E nos conduzisse?
 
Que bom seria …
 
Era Natal!
Nada mais havia
E ele e o cãozinho
Nada sabiam …
 
Esperavam travar
O seu próprio Destino
Ao som,
Dessa concertina que tocava!
 
E tudo passava
E poucos ouviam
O som,
Daquele instrumento
Que pedia!...
 
Era Natal! …
O Amor
 Seria o Principal,
Naquele dia…
 
Só a concertina gemia
E acompanhava
Os que pediam!
 
Maria Luísa Adães 
    

                                   

publicado por M.Luísa Adães às 16:20
link | favorito
De Maria João Brito de Sousa a 4 de Dezembro de 2008 às 15:00
Sabes, Maria Luísa, é, no mímino,curioso que eu, ao fim de quase onze meses de convivência diária com a blogosfera, continue a comportar-me para com os outros blogonautas exctamente como para com as pessoas com quem convivo na vida real. Quando as pessoas se despedem de mim, parto do princípio que estão incontactáveis até regressarem... isto é estúpido, claro. A net "viaja" connosco, está onde nós estivermos e, no entanto, eu, burra como sempre, estava a partir do princípio que estarias incomunicável até voltares... vim aqui apenas para rever o teu "Hoje!" e encontro mais um poema... e lá viajo eu até à Rua Augusta. E lá ouço eu a concertina do rapaz. E lá vejo eu os olhos tristes do cãozito.
Um grande abraço para ti e Maggie.


De M.Luísa Adães a 4 de Dezembro de 2008 às 21:08
Maria João

Escrevi uma coisa linda e esqueci de publicar! Sou poeta, não há dúvida... Só um poeta escreve coisas e as deita ao ar, ao Infinito Eterno e depois, tem de escrever de novo. Até fiquei com vontade de rir!
Que loucura! Não publiquei e esfumou-se o meu dizer de saudade.
Não levo computador e não vou escrever Nada! E vou morrer de saudade!Mas Deus, na sua benevolência vai perdoar e eu vou voltar!
Mas fico incomunicável, sim! Pressentiste! Fica o
meu Eu etéreo a circular pelas veredas, a ouvir o som das guitarras e das concertinas que não
pertencem à nossa Cidade de Lisboa.
Encontrar-te, foi uma coisa especial, como tu és...
Poeta e Mulher de Coragem!
Gostei de te conhecer; mesmo sem te ver, eu conheço-te a ao teu dizer... Não vou esquecer!
Maggie fica em casa, com a nossa empregada e tenho uma médica veterinária amiga que vai sabendo e dando noticías. Deus nos ajude para que na volta, eu encontre a minha cadelinha.
4ª. feira, bem cedo, vou directa a São Paulo e termino o Ano no Brasil.

Feliz Natal para ti e todos a quem amas!Saudades,
maria João; boa-noite - boa-noite Portugal!

Não esqueças, "o Amor, a Amizade, estão no começo e no fim de tudo o que existe...

Bºs,

Maria Luísa



De Maria João Brito de Sousa a 4 de Dezembro de 2008 às 22:08
Nunca me esqueço disso, amiga! Quando voltares estarei, se Deus quiser, à tua espera no poetaporkedeusker!
Um grande, grande abraço!


De M.Luísa Adães a 5 de Dezembro de 2008 às 09:14
Maria João

Obrigada por responderes e entenderes, como tu sabes e brotar do teu coração,
fontes antes deconhecidas
Mais ou menos secas
Mais ou menos pressentidas
do que vistas
e aquele amor "preveniente"
aquele amor sobrenatural
aquele amor natural!

Beijos,

Maria Luísa


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão