Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010

SUPLICO

 

 

  

                      Imagem Internet/ Greta Garbo

 

 

 

 

Sim Suplico!

E vou dar voz à súplica.

 

E sei:

 

Tudo é teu

Tudo te pertence,

Não deixes...

Que te tirem a alegria,

O teu estar no mundo

E o meu amor por ti.

 

Não permitas que isso aconteça!

 

Caminhante esquecido

Num local sem fim.

 

Acredita no simbolismo

De um mundo mais puro,

Procura um tempo presente

E vai mais longe...

Procura um tempo futuro.

 

E deixa que à superfície

De ti próprio,

Venham os sonhos e os anseios

E Luz aos teus pensamentos.

 

Ampara-te à minha força

Mas lentamente como tu sabes...

Deixa-me e continua só...

 

Não voltes para mim

O teu olhar...

Eu não vou chorar,

Não vou clamar,

Não vou reter

O teu caminhar!

 

Fico:

 

Olhando o horizonte, ao longe,

Brilhando como o sol

De outras Eras

Outras Gerações.

 

Mas sei:

 

Este é o Sol

Da tua própria vida.

 

E faço deste momento,

Em que te vejo

Reflectido no que escrevo,

 

 

_ Um tempo meu e teu _

 

Ele significa felicidade,

 

Vamos dividi-lo

Com outros caminhantes,

 

E deixamos de ser

Criaturas errantes!...

 

 

 

Maria luísa

publicado por M.Luísa Adães às 15:52
link do post | comentar | favorito
|
28 comentários:
De a 5 de Novembro de 2010 às 18:12
Olá Mª Luísa. Mais um poema lindissimo, que nos faz viajar até um lugar onde o amor é Rei e nós a sua grei.
Beijinhos


De M.Luísa Adães a 5 de Novembro de 2010 às 18:34
Olá Fá

Gostei de a encontrar. Desculpe minha ausência
e agradeço, sua lembrança de mim.

Querida Fá, sempre o amor e neste caso, dedicado a meu filho.

Muita alegria me deu sua presença e lindas palavras!

Beijos,

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 5 de Novembro de 2010 às 18:14
como sempre
essa força do amor
e sempre em flor...

beijinhos e feliz fim de semana


De M.Luísa Adães a 5 de Novembro de 2010 às 18:37
jabei

Que bom te encontrar neste poema de amor

que também é de despedida...

Beijos lindo e bom amigo,

Maria Luísa


De jabeiteslp a 6 de Novembro de 2010 às 01:43

vais partir tão cedo ?

saudade saudade...

beijinhos Luisa


De M.Luísa Adães a 7 de Novembro de 2010 às 09:47
Jabei

Nem sei se vou partir. Meu marido não está muito bem. Tudo se atrasou e há exames a fazer.

Tenho estado muito triste, amigo.

Beijos para ti,

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 7 de Novembro de 2010 às 14:01

isso é que é mais pragmático
mas acredito que será passageiro

boas melhoras
bons poemas
e um maravilhoso domingo


De M.Luísa Adães a 7 de Novembro de 2010 às 16:41
obrigada amigo


Há muita preocupação!

Beijos e Bom Domingo,

Maria Luísa


De MIGUXA a 6 de Novembro de 2010 às 00:34
Maria Luísa,

Belo o teu "SUPLICO", pleno de memórias, de desejos, de amor...

Adorei

Beijos com carinho
Margarida


De M.Luísa Adães a 7 de Novembro de 2010 às 09:49
Olá Margarida

Grata por te encontrar e por tuas palavras.

Obrigada pelo sorriso e pela flor.

Com ternura,

Mª. Luísa


De M.C. a 7 de Novembro de 2010 às 09:56
"Este é o Sol
Da tua própria vida.

E faço deste momento,
Em que te vejo
reflectido no que escrevo.

_ Um tempo meu e teu _..."

Lindo o teu suplicar,
tão natural, tão de aceitação, tão real,
e faço dessa súplica, um tempo também meu!

Com amizade,

M.C.


De M.Luísa Adães a 7 de Novembro de 2010 às 10:09
M.C.

Agradeço a tua súplica ,

junto à minha súplica!

Com amizade ,

Mª. Luísa



De cuidandodemim a 8 de Novembro de 2010 às 13:03
É uma súplica bonita a sua, Maria Luísa. Uma súplica atruísta, pensando nos outros, na comunhão e no entendimento entre as pessoas...
Bjns


De M.Luísa Adães a 8 de Novembro de 2010 às 15:46
cuidandodemim

Muito bem interpretado o poema.

Uma súplica pelos outros,
Uma ajuda a esses outros!

Estou a escrever no google outro tipo de poesia, até diferente do que escrevia anteriormente no sapo.

http://os7degraus.blogspot.com

talvez goste do que escrevo. A convido a visitar-me.

Beijos e obrigada

Maria Luísa


De poetaporkedeusker a 8 de Novembro de 2010 às 17:25
Como vai a saúde do teu marido, Maria Luísa? E tu, como te estás a aguentar com estas dificuldades acrescidas?
Vi um comment teu, de hoje, e fiquei um pouco mais descansada... mas não muito.
Também me sinto bastante "emperrada" a nível físico e isso reflecte-se invariavelmente na velocidade com que escrevo e visito os amigos...
Um grande abraço e muita coragem!


De M.Luísa Adães a 8 de Novembro de 2010 às 18:30
Mª. João

Ainda não se sabe a origem. Amanhã voltamos ao
oftalmologista e talvez se defina alguma coisa. Tem de ir a um neurologista e fazer um exame com urgência, mas ninguém percebeu o que o médico escreveu na receita e ele não perguntou. Amanhã se sabe.
Não sei se vou para o Brasil. O meu filho não sabe do que se passa!

Quando souber te escrevo. Desculpa a minha ausência, mas não "dou conta do recado" com 3 blogs
O google parece ter gostado de mim, mas eu não vou ficar por muito tempo na Net, me parece.

Isto está tudo muito confuso.

Beijos e obrigada,

Maria Luísa


De poetaporkedeusker a 9 de Novembro de 2010 às 16:07
Que tudo vos corra pelo melhor, minha amiga! Eu também me sinto muitíssimo dispersa com esta quantidade de blogs e sites e acabo por não fazer nada de jeito em nenhum deles... mas o CJO ficou bloqueado para o sapo e eu estou no Centro Paroquial, num computador muito velhinho que quase não avança, à medida que escrevo...
Resolve os vossos problemas primeiro e toma, depois, as tuas decisões.
Um grande abraço!


De M.Luísa Adães a 10 de Novembro de 2010 às 12:05
Mª. João

Ainda andamos em exames. Falta "Os Campos Visuais
e a TAC",

para compreender a paralisia da pálpebra.

Sei que tens problemas na Net. Ontem fui ao teu blogs no google e o meu comments ao ser publicado,
não foi recebido.

Vamos aguardar por tudo!

Um abraço grande,

Mª. Luísa


De poetaporkedeusker a 10 de Novembro de 2010 às 16:03
Espero que tudo venha muitíssimo normal e que seja apenas uma coisa circunstancial... sei lá... uma corrente de ar, conforme sugeriste, no início, pode, por vezes, pregar este tipo de sustos.
Deixo um enorme abraço neste teu poema tão belo e tão "em carne viva".


De M.Luísa Adães a 10 de Novembro de 2010 às 16:36
Dizes bem,
o poema foi escrito bem em carne viva e com muito
sofrimento.

Faz a Tac amanhã no Hospital do Sams à noite
Os Campos Visuais à tarde.

Coragem, Maria luísa!

Um abraço,

M.L.


De poetaporkedeusker a 10 de Novembro de 2010 às 17:32
Isso mesmo! Muita coragem e muita força!
Fica um abraço muito apertado!


De M.Luísa Adães a 11 de Novembro de 2010 às 10:52
Obrigada amiga,

O mesmo para ti.

Um abraço, Mª. Luísa


De FatimaSoares a 9 de Novembro de 2010 às 20:11
Olá amiga vim deixar um beijinho doce e desejar uma noite abençoada.


De M.Luísa Adães a 10 de Novembro de 2010 às 12:09
Fátima

Primeiro peço desculpa pela minha ausência.
Problemas têm surgido a nível de saúde.

Agradeço a tua ternura ao encontrar-te hoje, na
minha "Súplica".

Quando possível, vou ler teus poemas de que gosto muito!

Beijos e agradeço,

Mª. Luísa


De a 14 de Novembro de 2010 às 23:28

Há nos seus poemas um sentimento de comunhão e de partilha : do mesmo Pão e da mesma mesa. De verso branco, onde a inspiração, em plena liberdade, cria uma atmosfera de ansiedade e de interrogações sobre o nosso destino comum, é com visível satisfação interior que a leio e aprecio.


De M.Luísa Adães a 15 de Novembro de 2010 às 09:28
Zé agradeço seu comentário em que define
o que escrevo de acordo, com o que tento ser.

Tenho um blogs no sapo, me parece que já o encontrei no:

http://premios-prosa-poetica.blogs.sapo.pt

bastante interessante.

Escrevo outro tipo de poesia no:

http://os7degraus.blogspot.com

no google - nesse é onde estou a escrever mais.

Obrigada,

Mª. Luísa


De poemasimples a 18 de Dezembro de 2010 às 23:49
Amiga Luisa
Já há muito que não te escrevia, mas ao ler este poema fiquei sem palavras para exprimir o que senti. Achei simplesmente sensacional.Desejo-te umas excelentes festas, principalmente com muita saúde. Um grande abraço. António.


De M.Luísa Adães a 20 de Dezembro de 2010 às 19:56
António

Fiquei feliz por te encontrar.

Encontro-me no Brasil, não trouxe pc e este está com muitas dificuldades.

Estou a rscrever no google:

http://os7degraus.blogspot.com

Aparece por lá! Coisas bonitas de que vais gostar!

Natal Feliz
Bom Ano,

para ti e família,

Um Abraço, M. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão