Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Apenas nessa Hora

    

 

 

E nas tardes quentes,

As cigarras cantam descuidadas

A sua alegria,

Sentem o Sol tão brilhante

Naquela Serra tão verdejante.  

 

Caminho nas veredas,

Vejo ao longe os barcos acenando

E as águas quais Fadas do Oceano

 

Flutuam voluptuosas e belas,

Num chamado constante.

 

E a tarde aproxima-se

E numa determinada hora,

Tu falas,

Eu ouço o Teu falar,

 

Apenas nessa hora...

 

 

Maria Luísa

 

publicado por M.Luísa Adães às 13:10
link do post | comentar | favorito
|
24 comentários:
De luadoceu a 1 de Outubro de 2010 às 15:28
Ola Luisa
Mas que essa hora que Ele te fale,seja uma Eternidade e se ja conseguirmos ouvir neste mundo de ruido,ja e muito bom
Um bom fds a ti e familia
Bjinhos


De M.Luísa Adães a 1 de Outubro de 2010 às 19:36
luadoceu

Só na hora do-meio-dia, com um calor abrasante,
elas cantam, cantam de alegria. Todo o verão e ainda cantam.
A formiga caminha, caminha a juntar comida.

E depois no Inverno, a cigarra morre de fome e a
formiga que não cantou, mas trabalhou, recolhe ao
celeiro subterrâneo e lá fica o tempo todo.

Isto passa-se, assim mesmo, na Arrábisa para onde vou, desde que nasci.

Beijos ternos e obrigada.

M. Luísa


De dulce a 1 de Outubro de 2010 às 19:39
E assim nos contas a história da cigarra e da formiga
mas estas tu vês durante o verão a caminhar e ouves as cigarras a cantar.

Doce e lindo o poema!

Dulce


De M.Luísa Adães a 1 de Outubro de 2010 às 19:59
Verdade, estas eu vejo e ouço, além do cantar do mar e do sussuro do vento.

Sei que ama a natureza e a simplicidade.

Escrevo para si e outros como a senhora, neste espaço e neste momento - e sou livre de o fazer!

M.L.


De caminho pelas estradas a 1 de Outubro de 2010 às 19:51
E as Fadas do Oceano

Flutuam voluptuosas e belas

Num chamado constante.

linda a natureza e quem sabe escrever sobre ela.
Conheço o livro!

Cpelasestradas


De M.Luísa Adães a 1 de Outubro de 2010 às 19:55
Agradeço gostar da natureza.

Nestes versos, só a natureza conta, longe de olhares humanos.

M. Luísa


De jabeiteslp a 1 de Outubro de 2010 às 21:26

o sublime de um momento
neste nosso mundo presente

feliz noite e o melhor dos fins de semana pra ti
beijinhos Luisa


De M.Luísa Adães a 2 de Outubro de 2010 às 08:59
Jabei

Grata por comungares comigo, o canto da Cigarra
na minha Arrábida.

Beijos,

Mª. Luísa


De mcmaldonado fernandes a 2 de Outubro de 2010 às 09:05
E a tarde aproxima-se...
E neste tempo com os tons Outonais
A Serra resplandece
Ainda mais!

Lindo o amor à Natureza e a todos nós! Me encanta!

MC


De M.Luísa Adães a 6 de Outubro de 2010 às 18:52
M.C.

Agradeço o carinho.

Mª. Luísa


De Cícero a 7 de Outubro de 2010 às 15:22
"Caminho nas veredas
Vejo ao longe os barcos acenando
E as águas quais Fadas do Oceano

Flutuam voluptuosas e belas
Num chamado constante"...

E este poema da natureza, não está a ser, suficientemente, entendido. lamento!

Cícero


De M.Luísa Adães a 7 de Outubro de 2010 às 15:43
Agradeço seu comments.

A Arrábida que inspirou tantos poetas ao longo dos séculos, merece, em toda a sua beleza Divina.

Agradeço,

Mª. Luísa


De MIGUXA a 7 de Outubro de 2010 às 17:47

Amiga,

Como sabe bem ouvir a natureza, toda ela uma multiplicidade de sons inequívocos, inconfundíveis e que nos enchem a alma de vida...

Com ternura
Margarida


De M.Luísa Adães a 7 de Outubro de 2010 às 21:31
Obrigada Miguxa por gostares,

Mª. Luísa


De poetaporkedeusker a 8 de Outubro de 2010 às 17:37
Muito bonito, bucólico e até místico, este teu poema!
Eu vou dedicar-me, durante algum tempo, ao trabalho de reedição do Poetaporkedeusker. Não é tão fácil quanto possa parecer porque as reedições muito antigas não parecem obedecer aos mesmos tamanhos de letra das edições actuais e os intervalos desaparecem... uma confusão! Mas é um trabalho que eu terei de fazer aqui, enquanto estou online.
Não há nada de bucólico, bonito ou místico nas reedições de posts, mas eu devo fazê-las. Há por lá sonetos com toda a espécie de pequenos erros e, quem sabe, um dia os meus sonetos podem vir a contribuir para a educação de algum jovem que vá encarar os erros como não o sendo.
Abraço gde!


De M.Luísa Adães a 9 de Outubro de 2010 às 15:34
Mª. João

Místico - eis o meu misticismo - bem analisado!

Faz esse trabalho que dizes! Sempre tudo quanto possas fazer! Sempre, sempre, sempre e para sempre!

beijos e obrigada pela tua gentileza.

Mª. Luísa


De poetaporkedeusker a 11 de Outubro de 2010 às 11:40
Assim farei, minha amiga.
Espero que estejas bem melhor. Eu estou cheia de febre, mas já estou a tomar o antibiótico que o médico me receitou. Neste momento tudo está muito difícil na minha vida, mas vou tentar reformular o blog todo!
Abraço grande!


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2010 às 15:00
Então não estás bem! Febre, antibiótico e cãozinho
doente. Fase complexa.

Eu não tenho podido dar a volta aos teus blogs.
Peço desculpa - me desculpe!

Sabes que o nobel Norueguês refere que há muito acredita existir uma ligação estreita entre os
"Direitos Humanos e a Paz" ?

E eu venho na hora certa dizer que os "Direitos Humanos igual a Paz" continuam a ser:

"Direitos Esquecidos"

Levei a imagem do Nobel da Paz aos prémios.
Quando possível, passa por lá!

As melhoras e obrigada por escreveres,

Maria luísa


.


De poetaporkedeusker a 11 de Outubro de 2010 às 15:22
Sim, amiga, sempre acreditei que o profundo respeito pelos direitos humanos - e pelos direitos de todos os seres vivos - seria conducente à paz. Andam muito esquecidos, tens razão... tão esquecidos que ainda nem sequer são aceites por muitos de nós. Isto acontece no dia a dia. Falamos com pessoas cujo discurso nos remete, imediatamente, para esse facto... mesmo pessoas que tentam aparentar um profundo altruísmo, denotam, nas mais pequenas coisas, o contrário.
Abraço grande!


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2010 às 15:39
Tens razão, muita razão.

Altruismo.
quantas vezes ligado à vaidade, presunção
falta de nível e desejo de se fazerem notados.

Pobres criaturas ou pobres de nós...não sei!

Quem vence neste mundo?

Um abraço e vai ao prémios ler o pouco que escrevi,
mas tem duas fotos - uma só, outra com a mulher.

Lê, mas eu estou convencida que vai continuar preso.
Foi julgado por crimes ( é criminoso ,segundo
a China ) e apanhou onze anos de prisão.
Isto aconteceu em Dezembro passado (2009).

Abraço forte,

Mª. Luísa


De Bráulio a 10 de Outubro de 2010 às 09:24
Apenas nessa hora as cigarras cantam.

Sinal de muito calor.

E as águas azuis em frente da Serra, rolam
mansa e brandas para o Atlântico - tão perto -...

Gostei!

B.


De M.Luísa Adães a 10 de Outubro de 2010 às 12:20
Conhece o local,
o descreve muito bem!

Agradeço,

Mª Luísa


De crema seno a 20 de Outubro de 2010 às 15:46
Este texto bonito. escrever é uma terapia natural que nos ajuda não só para lançar luz sobre os problemas, mas também para superar


De M.Luísa Adães a 20 de Outubro de 2010 às 16:14
Também é bom escrever, para superar os problemas.

obrigada,

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão