Sábado, 25 de Setembro de 2010

I - ARRÁBIDA, Serra, Mar e Vento

 

 

   

 

                                                                                      

Volto lentamente, o meu olhar para ti

E digo sempre:

  

Não há nada igual no Mundo,

Esta Serra,

Este Mar

E por vezes, a canção do Vento.

 

 

  

Sabes?

 

 

Agradeço tudo quanto me dás,

A possibilidade de te sentir

E escrever.

 

Pulsa um coração forte

No teu interior

E sinto em Ti uma mulher

Possante, hercúlea, bela

Como Valquíria

De cabelos ao vento.

 

Num local flamante

Um pedaço do Paraíso.

 

Pertences à Terra!

E mais...

À minha terra,

À minha vida,

Aos meus sonhos,

 

A tudo quanto amo.

 

Maria Luísa

 

 

 Apelo,

 

Vêr Video, nos comentários a este poema,

feito por:

 

jabeiteslp (http://anjodaesquina.blogs.sapo.pt)

 

"Matança de Golfinhos" na Ilha Feroe / Dinamarca.

 

Onde está o amor e a chamada civilização? Maria Luísa

publicado por M.Luísa Adães às 08:09
link do post | comentar | favorito
|
57 comentários:
De Rosinda a 25 de Setembro de 2010 às 09:28
Olá M.Luísa!
Belo hino à sua terra amada...
Somos pedaços daquilo que amamos...
Bom fim de semana
BEIJOS


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 10:51
Olá Rosinda

Grata por te encontrar neste lugar, nunca esquecido...
e a minha Arrábida, a Serra minha Mãe, vai ficar algum tempo comigo, e neste lugar, onde te escrevo.

Sê benvinda,

Mª. Luísa


De MC. a 25 de Setembro de 2010 às 10:54
E nos tornamos a encontrar depois de nos conhecermos noutro lugar.

Voltou? Espero que sim e nos traga, de novo e sempre, a nossa Arrábida!

Obrigada

MC.


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 11:00
Não voltei - estive sempre neste lugar!

Agradeço,

M. L.


De Estradas a 25 de Setembro de 2010 às 10:57
Estamos na praia, no mar,
olhamos a Serra, deste lugar
e voltamos à natureza
onde podemos amar,

através de teu livro
esgotado, eu sei!

Estradas


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 11:04
Olá

Aqui estou como sempre estive e trouxe a minha
Serra, o meu mar, a minha terra, misturada com a maravilha da Arrábida, por mim já cantada.

O livro esgotou. mas eu vou trazer a este lugar,
esse livro invulgar "de Amor ao local "onde quero ficar!

Mª. Luísa


De cicero a 25 de Setembro de 2010 às 12:51
Apesar do abandono
os cactos continuam a florir
em cada Primavera!

Bravo, poeta amiga!

C.


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 12:58
Cícero

Está abandonada!
Os cães abandonados
formam matilhas,
inconformadas, pelo abandono!

Mas é a mesma Serra e tem o mesmo Mar
e ainda o amor, de tantos que a escreveram
E a amaram!

Mª. Luísa


De ceres a 25 de Setembro de 2010 às 14:58
Amo a Arrábida, como sabes e adoro a forma como falas dela e a amizade e amor ancestral que te liga a ela!

Muito boa a tua volta!

C.


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 16:05
Eu não voltei porque nunca me ausentei,

Para estar presente, ficaram os versos que deixei,

Deduções contrárias, não são aceites!...

Mas agradeço se lembrar de mim.

M. L.


De jabeiteslp a 25 de Setembro de 2010 às 19:48
belezas de um lugar
como tu de encantar

e preservar...

beijinhos
e muito bonito o poema


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2010 às 20:25
jabei

Que bom tu voltares. Senti muito a tua falta, de
bom amigo virtual.

Vou continuar a escrever sobre a Arrábida, pois o meu livro está esgotado.

Beijos e vou rápido ao teu recanto.

M.L.


De jabeiteslp a 25 de Setembro de 2010 às 21:57
tenho que passar por lá
e penso que um dia será

gosto das perspectivas lá do alto
em fotos

feliz noite Luisa
jocas


De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2010 às 09:34
Volta à Arrábida e do cimo da Serra-Mãe tira as tuas fotos.

Procura as flores em cada recanto, de todos os tamanhos e todas as cores.

Os cactos que voltam a florir em cada Primavera.

As rosas escondidas dos olhares dos mortais.

E te encanta, no espraiar teus olhos, por um recanto de beleza e Paz - manchado pela ignominia dos homens!


Com ternura, amigo,

Mª. Luísa



De jabeiteslp a 26 de Setembro de 2010 às 15:43
palavras sentidas
de recordações queridas
as tuas

e passarei

feliz tarde luisa
jocas


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 10:48
E quando passares,
te espero num dos mirantes
da minha Serra,
olhando o Mar.

Beijos e obrigada,

Maria Luísa


De jabeiteslp a 27 de Setembro de 2010 às 14:24

encanto teu de assim ser


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 16:16
Encanto "meu e teu" de ser assim...

Obrigada pela flor

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 26 de Setembro de 2010 às 21:01

e realmente é
http://videos.sapo.pt/7Lo5H8Q1lhDtWBW5IYYm

se não estiveres de acordo à referencia
ao teu nome
eu retiro-o

beijinhos Luisa
feliz noite


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 11:04
Jabei

Estou de acordo com o meu nome.
O vídeo e a música, estão excepcionais.

Também tenho golfinhos lindos e inteligentes, na
minha Arrábida.

Linda, vibrante de ternura, a tua idéia.
Triste e impressionante o que se passa num país rico
e que se diz civilizado.

Chego à conclusão que se a civilização existiu...
morreu há muito e ninguém se apercebeu...

Obrigada,

Maria Luísa


De MIGUXA a 26 de Setembro de 2010 às 00:48
Maria Luísa,

Belo cântico à serra, ao mar da tua eleição.

Sonhos, aventuras, paixão de jovem que relembro com saudade...

Te agradeço do coração.
Tuas melhoras
Beijos com carinho
Margarida


De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2010 às 09:42
Miguxa

Sim é um cântico à Serra-Mãe e uma Oração a todos
quantos a habitaram, a escreveram e amaram.

Muito pequena eu comecei a amar
aquele mar
e mais tarde, amei em todos os lugares,
da Serra minha Mãe.

É uma paixão de família do lado de meu Pai.

Meu marido se apaixonou por Ela, através de mim.

Que bom, tu pertenceres à Serra, ao Mar e ao Vento

Beijos com carinho,

Mª. Luísa


De Dulce a 26 de Setembro de 2010 às 13:01
Hoje encontro a tua "Arrábida" e a canção daquele
mar, acompanha teus versos.

Belo! Obrigada.

D.


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 11:15
Adorei o encontro!

Vêr vídeo acima, do amigo jabeiteslp.

Mostra "Matança dos golfinhos" na Ilha Feroe _
Dinamarca

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 27 de Setembro de 2010 às 11:55
tentei o melhor
é que realmente em nome de um ritual
bradam os ceus

beijinhos
e bigada pelo carinho tambem
e boa semana


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 12:24
Tentaste e fizeste o melhor.

Os Céus clamam
contra a morte dos golfinhos Calderon

E os habitantes do Planeta que fazem?

Os matam com crueldade
sem civilidade.

Se há civilidade tem de se acabar com a morte dos inocentes e neste caso, esta morte se dá no mar.

E vem a este blogs, pois eu tenho a Arrábida e
os golfinhos estão nas imagens, alegres e puros.

"É urgente o amor"

Maria Luísa


De jabeiteslp a 27 de Setembro de 2010 às 14:25


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 16:18
Ainda bem que voltaste!
Já se nota a diferença.

beijos,

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 27 de Setembro de 2010 às 21:10
arrebatadora de dom envolvente

beijinhos e feliz noite


De M.Luísa Adães a 28 de Setembro de 2010 às 09:47
Grata, amigo, por tuas palavras envolventes.

Com amizade,

M. L.


De jabeiteslp a 28 de Setembro de 2010 às 15:04

a melhor das trdes
de preferencia
feliz

jocas dos calhaus da Covilhã


De M.Luísa Adães a 28 de Setembro de 2010 às 15:22
Vou tentar! E já que aqui estamos e de seguida me
vou ausentar, faz um favor, passa pelo google para seres o primeiro e eu poder responder.
Eu vou passar pelo teu blogs.
Depois não volto, por hoje.

Bºs.

Mª. Luísa


De jabeiteslp a 28 de Setembro de 2010 às 15:40

fazem bem
as escapadelas



De M.Luísa Adães a 29 de Setembro de 2010 às 11:39
Não é necessário fazer escapadelas, eu estou dentro
dos meus versos - sou uma - ...

Fora dos meus versos - sou outra - ...

São duas, meu amigo. Não sabias?´É verdade!

Beijos,

M. Luísa


De cuidandodemim a 27 de Setembro de 2010 às 12:10
Um lugar lindíssimo o que coloca na imagem, mas todos os lugares do mundo são igualmente lindos e merecem respeito e humanidade, carinho e cuidado, coisa que muita gente já não tem nem faz...
Tomara que todos tivessem um coração, mas penso que em muitos no lugar dele está uma pedra...
Bjns


De M.Luísa Adães a 27 de Setembro de 2010 às 12:31
Cuidandodemim

Agradeço responder ao apelo pelos golfinhos Calderon que são mortos, em ritual cruel e pagão,
nas Ilhas Feroe na Dinamarca.

E se chama a isto civilização! O "video" está nos
comentários que um amigo "jabeiteslp" me deixou
no blogs.

Daí o meu apelo e o meu agradecimento à sua resposta.

Bem Haja!

Mª. Luísa


De TiBéu ( Isa) a 27 de Setembro de 2010 às 18:30
Minha amiga

Vim devagarinho espreitar o teu cantinho e com muita amizade deixo um grande beijinho


De M.Luísa Adães a 28 de Setembro de 2010 às 09:49
Tibéu

Muito bonita e envolvente,
essa entrada subtil e leve, neste recanto.

Beijos e obrigada,

M. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão