Sábado, 20 de Março de 2010

REALIZAR

 

 

 

 Imagem Internet / Salvador Dalí

 

 

Há um sonho a realizar
Há um tormento a esquecer,
Flores a nascer
Gente a morrer.
 
Há uma noite insensata
Há um luar de prata
Maldade de quem mata,
Há quem morra por amar…
 
Há a tua voz sem coragem
Há o amor em vantagem,
A subtileza da fluidez humana
A água que cai e te chama.
 
Há os espelhos da nossa Casa
Há os espelhos do Salão,
Igualmente plácidos
Divinamente exactos.
 
Há a dor daquele que não sai
E do outro que não tem casa
E prolonga na vida,
Um sonho mudo e fortuito.
 
Oh, quanto me pesa,
Minha memória passada
Minha memória presente
Minha memória ausente.
 
Há um sonho a realizar
Há uma insensatez a esquecer,
Flores a nascer
Gente a morrer.
 
Há um verso a caminhar
No Universo,
A tentar um ramo aberto
Para adormecer
Na linha recta,
O olhar na linha curva.
 
Há um sonho a realizar
E és tu, meu amor!
 
 
Maria Luísa O. M. Adães
 
publicado por M.Luísa Adães às 10:41
link do post | comentar | favorito
|
30 comentários:
De Sophia a 20 de Março de 2010 às 11:16
Sonhar e Realizar acho que é das coisas mais dificeis que a vida nos proporciona! Sonhar põe-nos à prova, testando os nosso limites e força de vontade para realizar aquilo com que por vezes nos limitamos a sonhar!

Lindo o poema!
O meu sonho eu já realizei, encontrei agora outros sonhos virão para completar quem sou!

Bjinhu



De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2010 às 11:59
Sophia

Mesmo o poema é difícil de entender.

Repleto de metáforas, transformadas em sonhos e realidades. E acaba por ser a minha "Verdade".

Esta eu sou!...

Obrigada pelo teu carinho, assiduidade e entendimento do que pretendo dizer - e digo!

Com amizade, agradeço,

Maria Luísa


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2010 às 11:37
Teste de verificacao de cometarios


De cupido a 20 de Março de 2010 às 12:05
"Oh, quanto me pesa,
Minha memória passada
Minha memória preseste
Minha memória ausente."

"Há uma insensatez a esquecer..."

Lindos os teu versos! Cada um é o melhor e nos
enganamos, nesse escolher e nesse dizer.

Parabéns!



De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2010 às 14:43
Cupido

Com tuas setas, me paralisaste no caminho, para te ler.


"Memórias passadas
Memórias presentes
Memórias ausentes"...

Obrigada por tua sensibilidade, no entender e no escrever.

Maria luísa


De MIGUXA a 20 de Março de 2010 às 14:00
Maria Lusa,

Tanto que a vida nos dá e tanto a vida nos recusa...
Mas o sonho é todo nosso, construído com pormenor doce na nossa mente, bem guardado no nosso coração e, esse há que levá-lo até ao fim...

Adorei, querida amiga!
Beijos ternos
Margarida


De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2010 às 14:38
Miguxa

Tu adoraste meu poema, eu adorei a forma como

o disseste.

Me congratulo por te encontrar a cada instante.

E os sonhos são para levar até Final de nossas vidas,
até Final de nossa escrita, neste Mundo Virtual.

Obrigada, poetisa amiga.

Maria Luísa


De jabeiteslp a 20 de Março de 2010 às 14:25

e olhamos o mundo que por primavera
desespera...

gosto destes teus versos...

beijinhos


De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2010 às 14:33
anjodaesquina

Gostei de te encontrar nestes versos, feitos de
verdades, de ficção, de simbolismos e neo-realismos.
"Há a dor do outro que não sai
Do outro que não tem casa"...

E tantos sonhos a realizar!

obrigada por gostares, meu poeta amigo.

Maria luísa


De jabeiteslp a 20 de Março de 2010 às 14:57

feliz tarde pra ti

beijinhos


De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2010 às 16:04
Anjo

Para ti também. Obrigada pelas flores!

Beijo da amiga,

Mª. Luísa


De caminhopelasestradas a 20 de Março de 2010 às 16:11
Há sempre um sonho a realizar - realizam-se outros,
mas fica um a realizar.

Há uma insensatez a esquecer - tantas se fazem e
esquecem, mas há sempre uma que custa a esquecer e por vezes, não esquece.

Há sempre flores a nascer...

Há sempre gente a morrer...

Adorei demais teus versos!

caminhante


De M.Luísa Adães a 21 de Março de 2010 às 10:03
Caminhava de manhã, a estrada estava vazia de gente, de carros correndo, só eu caminhava...

E te encontriei no meio do silêncio e do abandono
dessa estrada, onde me encontrava.

Me fizeste companhia e falaste de meus versos.

Só isso chegava!

obrigada por te encontrar.

Maria Luísa



De maripossa a 21 de Março de 2010 às 19:54
Maria Luísa. Nem sempre os sonhos são realizáveis , mas somos como um barco à deriva pelo mar ao encontro da maré vaza e do amor. Mas o devemos fazer sempre com esperança de um dia, eles serem a nossa âncora.
Beijinho bs e melhoras para ti Lisa


De M.Luísa Adães a 22 de Março de 2010 às 09:10
Lisa

Realizamos vários sonhos - também há, em grande número quem não reallize qualquer espécie de sonho.
Mas nós procuramos realizar e realizamos, mas há sempre um sonho, ou mais do que um que não se realiza.
Resta a "Esperança", em dias melhores.

Beijos e obrigada,

Mª. Luísa


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2010 às 17:12
poetaporkdeusker

deixou comentário ao poema"Realizar". Não entrou no blogs,
depois da transformação feita pelo sapo.

Agradeço Mª. João


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2010 às 17:15
Sapo ajuda deixou comentário de teste.

Não entrou, depois da transformação feita pela equipa do Sapo.

Mª. Luísa


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2010 às 17:18
Caminhante

Deixou comentário ao poema "Realizar".

Não entrou, depois da modificação feita pela equipa do sapo.

Agradeço,

M. L.


De M.Luísa Adães a 23 de Março de 2010 às 17:22
Cura emorroidi

Deixou comentário ao poema "Realizar".
Não entrou depois da modificação feita pela equipa do sapo.

Agradeço o comments

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão