Domingo, 7 de Março de 2010

AMEI-TE

 

 

 

 Imagem Internet / Salvador Dalí

 
 
Amei-te,
Humilhei-me em prantos.
 
Desconexos
Perplexos.
 
Vivi para ti,
Esqueci família
Esqueci amigos
Esqueci de mim…
 
E tu me olhaste
Longamente, me olhaste
E me ignoraste.
 
Esquecido de mim
Esquecido do que dei.
 
Mais tarde agradeci
O desencontro,
De mim e de ti.
 
Só eu fui invulgar
Tu foste vulgar!
Não merecias
Meu sonho de encantar.
 
Pára no deserto de meu caminho
E eu te ame,
Na fragilidade da poesia.
 
Amei-te,
Desconhecia o amor
Mas te dei meu calor
E perdi meus passos.
 
Me olhaste longamente,
Longamente me olhaste
Como sempre o fizeste,
Mas nada restou.
 
Deixei de respirar,
Parece que morri
Na superfície lisa
Que atravessei.
 
Meus versos deixaram
De cantar,
Ficou meu pranto
Preso ao luar,
E eu morri…
Por te amar.
 
 
 Maria Luísa O. M. Adães
publicado por M.Luísa Adães às 17:24
link do post | comentar | favorito
|
50 comentários:
De jabeiteslp a 7 de Março de 2010 às 17:34

eterno amor sempre em flor
nas fofuras de quem ama tambem..

beijinhos e feliz tarde


De M.Luísa Adães a 7 de Março de 2010 às 17:44
Anjo

Nostálgico, sem ser breve,
Um Alpha e um Omega
de quem ama!

lindo o nosso encontro.

Beijos e obrigada,

Maria Luísa


De jabeiteslp a 7 de Março de 2010 às 21:27


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 10:06
Anjo

Respondo ao teu sorriso amigo,

Recebo com alegria, tuas flores de nostalgia

e amo tua presença de encanto, quando te colocas

na esquina velando por mim.

Beijos com ternura,

Mª. Luísa


De Breizh da Viken a 7 de Março de 2010 às 22:39
Olá,

Muito bonito este poema... durido mas belo!
A poesia tem este dom da dor torna-a bela!


beijo


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 10:01
Sim, a poesia tem este dom do triste, melancolico,
de uma solidão, onde todas as vozes se calam.

E é assim que o poeta sente e escreve!

Obrigada por gostar e pela sua Presença neste poema.

Com ternura, agradeço,

Mª. Luísa


De caminhopelasestradas a 8 de Março de 2010 às 10:27
No meu caminhar, sempre te venho encontrar e

aos teu poemas versáteis, como a própria vida.

Assim tu és
Assim eu sou!

Amei teu dizer de Poeta.

Caminhante


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 11:39

E eu amei o encontro contigo neste mundo de
poesia

"que tanto me seduz"...

Agradeço,

M.L.


De Elys a 8 de Março de 2010 às 10:30

Amaste e deixaste de amar!

Teus versos continuam a cantar!

Lindo de sonhar e viver.

Elys


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 11:37


Agradeço a sensibilidade aos versos meus.

M. Luísa


De Alexandrino a 8 de Março de 2010 às 10:33
"Deixei de respirar,
Parece que morri
Na superfície lisa
Que atravessei. "

Um encanto teu poema de amor e espanto!

Alexandrino


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 11:36
Obrigada por reparares nessa parte do poema.

Eu também gosto dela!

Mª. Luísa


De MIGUXA a 8 de Março de 2010 às 14:23
Maria Luísa,

O desencontro de sentimentos...A morte de um amor renascendo para
A descoberta da libertação...dificilmente interiorizada mas, real!

Gostei muito Amiga
Beijos
Margarida


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 15:05
Miguxa

O poema é quase real,
Faz parte de mim
da minha vivência atribulada
neste mundo,
onde uns encontram tudo
outros não encontram nada!

Eu tenho a liberdade de escrever e amar.

E ao descrever o amor,
Eu sou personagem
Da peça representada!

Obrigada,

M. Luísa



De MarguiTonta a 8 de Março de 2010 às 14:58
Feliz dia da Mulher para ti Luísinha. Desejo-te um dia cheio de surpresas e de coisas muito boas como tu mereces.
Beijinhos e miminhos.


De M.Luísa Adães a 8 de Março de 2010 às 15:09
Margui

Sempre simpática e terna.

Eu sou a poetisa que escreve coisas estranhas e
outras menos estranhas...

Obrigada minha amiga, por não esqueceres a tua
amiga!

Beijo grande,

M. Luísa


De a 8 de Março de 2010 às 15:22
Lindo Mª Luísa.
Como sempre os teus poemas são uma verdadeira ode ao amor, desta vez sofrido, mas nem assim menos belo.
O meu beijo, com carinho neste dia que é nosso.


De M.Luísa Adães a 9 de Março de 2010 às 11:26


Obrigada por tua presença e tuas palavras, ao que sou, ao que escrevo.

Com ternura,

Mª. Luísa


De Simbologia do aMoR a 8 de Março de 2010 às 16:49
Olá Maria Luísa

Teu poema é lindo, tem parte de mim.

Feliz "Dia Internacional da Mulher".
Com um abraço.


De M.Luísa Adães a 9 de Março de 2010 às 11:23
Vera

Te agradeço de meu coração.

Fica com "Ele" , por momentos breves e sente o bater desse coração, "Por ti e para ti ".

Beijos,

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão