Sábado, 10 de Outubro de 2009

ESQUECER

  

 
 Imagem Internet / Salvador Dalí/ Gala / To forget!
 
 
Tu podes esquecer
Não escrever meu nome
Não olhares o meu perfil.
 
Eu não posso esquecer
Dizer o que imagino,
Mas nenhum mortal
Me pode prender!
 
Não me afundo
No mar revolto a meus pés,
Não me deixo afundar
E se o fizer…
Não sou eu!
 
Eu amo tudo
Este, aquele e o outro
Abraço todos
E vou, porque quero
Onde o insano predomina
E manda
E mata
E tira tudo…
 
O bom, o belo,
A riqueza, a grandeza
E dá a dor
A quem implora
A bênção dos que passam
Sem o calor do amor
E a boca é apenas,
Um instrumento de
Segredo.
 
- Mas são humanos!
Eles dizem que são… 
 
Mas tu não te juntes a eles,
Não esqueças
Espera, sossega
Olha o espelho
 
E agora me vês?
Lembras meu perfil,
Meus beijos, meu amor
O som da minha vida
Sem um suspiro de dúvida
Ao meu nascer em ti?
 
 
 Lembras ou esqueces?
 Se esqueces,
 
Não temos mais despedidas!
 
 
 
Maria Luísa O. M. Adães
 10 Outubro 2009
 
publicado por M.Luísa Adães às 13:08
link do post | comentar | favorito
|
59 comentários:
De caminhopelasestradas a 10 de Outubro de 2009 às 14:32
E te encontrei de novo no meu caminhar...

Tanto encontro, bons e maus, mas de ti gosto como

um ser alado, ao encontro de todos nós e englobas

todos, conhecidos e desconhecidos.

Que dizer de ti? Sei que não pretendes nada, eu já descobri...

Mas te digo, tua forma de dizer é meu encanto e

minha perdição. Te amo e ao teu canto de amor,
inolvidável!

Lindo o poema,

Caminhante


De M.Luísa Adães a 10 de Outubro de 2009 às 18:04
Caminhante

Que dizer às tuas palavras?

Apenas agradecer, a forma de encanto, como escreves.
Belo o que dizes. Eu e o poema "Esquecer" te
agradecemos.

Maria Luísa


De ♥ Flor Cintilante ♥ a 10 de Outubro de 2009 às 15:50
Passei para te desejar um bom fim de semana, na paz dos anjos

cintilante***


De M.Luísa Adães a 10 de Outubro de 2009 às 17:59
olá, linda Flor Cintilante

Obrigada pelo teu cuidado e gentileza;

te desejo um fim de semana, para além do comum,
em felicidade e encanto.

Beijos,

Mª. Luísa


De Sonhosolitario a 10 de Outubro de 2009 às 16:30
olá amiga Luisa
boa tarde e um doce beijinho
por tão lindo poema,
cheio de amor e de verdade
que o poeta transmite aos seus leitores
porque só não ama quem não tem coração
jamais se vai esquecer um amor seja ele como for !
esquecer jamais venha de que maneira seja
quando é amor! amor sera´...
doce beijinho e feliz fim de semana
comprimentos ao seu marido
sonhosolitario


De M.Luísa Adães a 10 de Outubro de 2009 às 17:56
Olá, Sonhosolitario

Que bom encontrar-te neste recanto onde predomina o amor.

Símbolo de magia, de encanto, de beleza, onde nunca há certezas.

Mas mesmo na incerteza, é necessário amar, para
viver.

Adorei encontrar-te neste recanto. Obrigada pelo
carinho das palavras, por ti escritas.

beijos,

Maria luísa


De Ana a 10 de Outubro de 2009 às 17:18
Como vês não esqueci, o tempo é que tem sido pouco. Como eu poderia esquecer o sitio onde encontro imagens de quadros do meu pintor favorito? E para variar, mais um poema de tirar a respiração: PARABÉNS!
Beijinho e bom fim de semana


De M.Luísa Adães a 10 de Outubro de 2009 às 17:48
Ana

Congratulo o encontro comigo, com o poema e com
Dalí a pintar, como se de um Deus se tratasse, a
mulher dos seus encantos - Gala!

E o poema te deixou "sem respiraçao"...obrigada.
Eu também o amo e me deixa sem respirar, ao ler,
ao olhar, ao sentir.

beijos,

Maria Luísa


De 100timento a 10 de Outubro de 2009 às 19:00
Despedidas?
não é a tua voz...

Enrolado nas tuas palavras
Remeto-me para um canto
Onde uno os joelhos aos lábios
E fechado em mim
Recupero tudo o que de ti eu li
Ecoam vocábulos
Que percorrem o interior do meu sentir
o teu mundo fascina...
E tal como nas searas tomas o lugar do vento
E no mar abraças as marés
Em mim congregas a alma
Ès um ser que se entrega á vida
ao amor por inteiro.
Obrigado por este momento....beijinhos do Rui.


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 09:26
100timento

Lindos os teus versos, em homenagem aos meus versos.
É com alegria que os recebo, a fazerem parte da
minha poesia - em resposta ao que escrevo!

Se me dás êxito, não me tires a " Humildade ".

Para que eu não me perca na " Vaidade".

Beijos para ti,

Maria Luísa


De umbreveolhar a 10 de Outubro de 2009 às 19:07
Minha grande Amiga Maria Luísa Adães,
É um gosto muito grande visitar o teu extraordinário blog e ter a certeza que nele encontro a poesia que tanto aprecio.
Mais um poema fantástico, que demonstra o Amor que tens pelas pessoas. Tem que se conhecer o teu perfil. pois claro! Bonito poema.
Com muita amizade, desejo-te um óptimo fim de semana.
Cumprimentos do Amigo que não te esquece,
Carlos Alberto Borges


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 08:43
Carlos

Outro lindo comentário cheio de amizade e amor,
tal como eu procuro escrever...

Elevar o amor, qualquer espécie de Amor, ao Cimo da

Pirâmide e lá do Alto , com amor, contemplar a Terra

Com amizade e carinho, agradeço não me esqueceres!

Maria Luísa


De umbreveolhar a 10 de Outubro de 2009 às 19:31
Minha Amiga Maria Luísa Adães,
Tens uma surpresa no meu blog. Espero que gostes.
Cumprimentos do Amigo,
Carlos Alberto Borges


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 08:38
Carlos

És um encanto de pessoa. Eu senti a tua falta!

Agradeço te encontrar neste recanto de poesia.

Vou procurar a surpresa! Obrigada.

Beijos grandes, para ti.

Com amizade,

Maria Luísa


De maripossa a 11 de Outubro de 2009 às 02:08
Maria Luísa! Um amor pleno jamais se esquece, tudo que se tem ,nós amamos e sentimos na alma. É realmente uma uma bênção , ou um segredo o amor.
Beijinho bfs Lisa


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 08:21
Maripossa

Agradeço a tua presença que me dá muita alegria.

A vinda dos amigos é um conforto!

O Amor é uma benção (como dizes) e viver sem amor,

é um penar na vida de alguém. Louvemos ao amor!

Beijos muitos e obrigada.

Maria Luísa


De casimirocosta a 11 de Outubro de 2009 às 09:19
Olá, amiga Maria Luísa.
Que belo poema ao amor,obrigado por ser assim.
Não há poeta que não ame ,não há poeta sem amor.
Um abraço.
Casimiro Costa


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 09:48
Casimiro

Linda a tua presença neste recanto, onde se pretende escrever poesia e trazer como "Patrono",

O Amor - "Símbolo do Tudo e do Nada , como um Todo".

Com amor e amizade te agradeço.

Maria Luísa


De Alzira Macedo a 11 de Outubro de 2009 às 09:28

Bom dia Luisa...

Simplesmente maravilhoso esta profundidade que tens em argumentação

Tua forma de dizer, de sentir e escrever agarra minha imaginação

que me perco, mas encontro-me novamente,
pois eu não quero ser como essa gente.

Amiga como poderei eu , não me lembrar de ti, se nunca te esqueci....

Fica como és nao te afundes, cá estarei eu escrevendo teu nome, caminhando lado a lado na esperança de um novo amanhecer....

Parabens gostei muito.

Beijo


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 09:56
Alzira

É difícil responder à "magia" do teu dizer.

tal como eu, aprofundas o sentir e trazes à "Luz da
Ribalta" os teus versos, de homenagem aos meus versos.

"Se me dás êxito, não me tires a Humildade,

para que eu não me perca na Vaidade...

E esperemos um "novo amanhecer".

Com carinho e amizade pura, te agradeço.

Maria Luísa


De Alzira Macedo a 11 de Outubro de 2009 às 10:43

Por vezes o nosso inconsciente,
nos dita o que sente...
No decorrer do meu escrever,
fico sem saber!!!
se rimo ou nao...
mas não é a questao
são singelas palavras ditadas do coração
perco-me quando escrevo
reencotro-me, ao te ler
porque é belo o teu escrever
sou amiga das letras simples
dos sentimetos nobres
Magia...
È o que sai da alma,
e nos contagia
......... Tu contagiastes-me
Fico feliz a agradeço por isso.
beijo amiga e bom domingo...
Vou nanar sai á pouco do emprego....


De M.Luísa Adães a 11 de Outubro de 2009 às 11:30
O Poeta escreve e rima através de um "dom" que

lhe foi dado antes de nascer. Quando nasceu trazia

uma sensibilidade nata, uma espécie de magia e lhe
chamamos de "dom" adquirido.

A poesia, segundo muitos criticos, deve ser "simples" fugir ao lado intelectual e vaidoso.
Aí, deixa de ter Alma e Magia e não é poesia...

Procuro a minha Alma com simplicidade e escrevo.
Te contagio? Ficas feliz por isso?

"Não me deixes caír no orgulho se triunfo
Nem no desespero se fracasso".

Obrigada por te perderes quando escreves e te tornares a perder, quando me escreves...

Beijos,

Maria Luísa



Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão