Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

PERGUNTO!...

 

  

 
 
Fiz tudo quanto me foi dado fazer?...
 
Perdi-me nos tropeços do caminho
Para te ver,
Fragilizei a minha batalha
Por confiar em ti!
 
 
Esqueci as minhas unidades de defesa
E fiquei isolada em campo aberto
E não espero a compreensão
Dos exaltados,
Ansiosos e sedentos de esgrimir!
 
 
Afastei-me do mundo sem temor
Mas com mágoa,
Criei um espaço invisível
Onde vou esperar o meu regresso
E quero regressar!
Por ti,
Por mim,
Por todos.
 
 
Procuro o meu jardim,
Onde chegam as luzes da cidade
E as músicas plangentes
Que tocam instrumentos calados.
 
 
Contemplo as flores
De várias cores…
Encontro nelas a beleza
Dos meus sonhos,
Encontro a frieza  
Dos meus enganos…
 
 
Ajuda-me a chorar!
E o meu olhar lavado
Se torne mais vivo,
Até chegar à alegria e ao riso.
 
 
Vibro em todo o meu ser
E não esqueço os que me amam
Aqueles a quem amo
E a ti meu amor,
A ti que me foste dado
Nesta Terra prometida
 
 
Que nos foi oferecida
Para nos amarmos
Desejarmos
E vivermos,
O que nos for dado viver!...
 
 M. Luísa Adães
 
publicado por M.Luísa Adães às 16:39
link do post | comentar | favorito
|
36 comentários:
De cuidandodemim a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:46
Quem dera que depois de tanto chorar se conseguisse lavar a alma de modo a que se chegasse depois à alegria e ao riso...
Bjns


De M.Luísa Adães a 12 de Fevereiro de 2009 às 17:52
Cuidandodemim

E é verdade! De olhar lavado por muitas lágrimas,
chegamos " À Alegria e ao Riso" - eis, minha amiga,
o "Milagre da Renovação"... Assim, sobrevivemos!

Com carinho , agradeço a sua presença e palavras.

Maria Luísa


De Fisga a 12 de Fevereiro de 2009 às 18:44
Olá Amiga Maria Luísa. – E quero regressar, por ti, por mim, por todos. Procuro o meu jardim onde chegam as luzes da cidade. Olha amiga: Eu desejo-te que Deus te conserve por muitos, bons e longos anos essa tua grande inspiração. Adorei, amei e adicionei aos meus favoritos. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 12 de Fevereiro de 2009 às 20:52
Eduardo

Deixaste-me feliz com o teres amado o meu "querido" poema (deixa chamá-lo
assim). Eu também gosto dele!
Agradeço todos os desejos de felicidade
e inspiração, para mim ... amigo e tu por
muitos anos, me possas ler e adicionar
aos teus favoritos.

Com ternura,

maria Luísa


De Fisga a 13 de Fevereiro de 2009 às 17:38
Olá amiga Maria Luísa. Que tu sintas que eu te adiciono, mas que seja um sentir com felicidade, saúde, paz e amor, porque quando estas coisas faltam a vida deixa de ter sabor. Um beijo Eduardo.


De M.Luísa Adães a 13 de Fevereiro de 2009 às 19:24
Eduardo

É assim mesmo como tu dizes; tudo controlado!

Agora meu amigo:

eu já fiz o que mandaste e há coisas que não encontro. E o livro é real? Como aqui é tudo virtual,
eu não percebo como funciona.
Mandar o dinheiro e não ter o livro - parece
virtual ! Até tenho vontade de rir. Não entendo nada!
Pronto, eu quero um livro e em troca do livro, dou o dinheiro. Funciona, ou não?
Tem paciência, mas a Editora ... não percebo como
funciona. Podes dizer? Sabes?
E quem pagou a edicão do Livro ? Foi a Editora ou
a Mª. João ? A edição é bastante cara.
Bem, estuda o teu assunto e depois veremos!
Beijos e obrigada,

Mª. Luísa


De Fisga a 14 de Fevereiro de 2009 às 19:09
Olá amiga Maria Luísa. eu não sei se eles enviam à cobrança, pelo correio, mas tenta, e se eles não tiverem essa modalidade eles avisam-te via e-mail. se tu lhe mandares o teu e-mail. Ou então experimenta a pedir por email mas para te mandarem pelo correio e tu pagas no ato da entrega. Tens que dar a tua morada muito direitinha e o livro vai lá parar. porque eu confiança, só tenho na minha amiga Maria João, mas como isto é tratado com a editora, não te vou garantir que é tudo gente séria porque não sei se é. Se não conseguires depois diz-me. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 19:43
Eduardo

tenho de saber, tu de concreto nada podes dizer;
mais tarde escrevo à Mª. João.
Na realidade só a ela conhecemos e eu desconheço
o sistema. Beijinhos para ti,

Mª. Luísa


De Fisga a 14 de Fevereiro de 2009 às 21:06
Olá amiga Maria Luisa. É uma excelente ideia, mas se nem mesmo assim conseguires resolver o problema, diz-me que eu compro o livro e depois dás-me o teu endereço postal e eu mando-te o livro. tu sem livro não vais ficar. Um beijinho Eduardo.


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 09:21
Eduardo

Respondi à n/ amiga, mas disse uma coisa parecida com o que tu dizes.
Atendendo a que ela está com muito stress,
talvez seja melhor idéia fazer como tu dizes.
Faz um favor, contacta-a e dizes que resolves o assunto comigo, ela que não se preocupe!
Faz a aquisição à Editora (essa não conheço e
gostava de saber a perfeição do trabalho deles,
eu já editei quatro livros, conheço o assunto).
E por email , eu mando o que necessitas e
combinamos tudo... Não quero a n/ amiga
com mais preocupações do que aquelas já
existentes!
Hoje te vou escrever!

Beijos,

M. Luísa


De Fisga a 15 de Fevereiro de 2009 às 10:59
Olá amiga Maria Luísa. É só para te desejar um bom Domingo e dizer-te que tomei conta do assunto e está entregue, e só falha se falhar para mim também. está tranquila. Um beijinho Eduardo.


De poetaporkedeusker a 14 de Fevereiro de 2009 às 23:29
Maria Luísa, o livro é real. Tão real como o teu poema e está impresso em papel com 133 páginas e tudo. Tens de ir ao site ou então escreve um email para lá a encomendar o livro, amiga. As editoras online funcionam assim, e já houve bastantes encomendas.
Tens a opção de pagamento contra reembolso, via CTT ou por transferência bancária. Eu só ainda não sei quando será a sessão de autógrafos, mas o livro é real.
Abraço grande!


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 09:04
M. João
Eu não ponho em dúvida a realidade do Livro;
tu és real...o livro é real...já o viste e gostaste
da impressão gráfica, acabamentos e perfeição?
Bem, mandas o livro para m/ casa e eu mando o
cheque para ti, através de email, mando morada.
Mas não te preocupes, temos tempo, muito tempo.
Dá o meu nome, como compradora, à Editora.
Faz esse favor; depois faço contacto via email!

beijos e obrigada,

Maria Luísa


De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:14
não te preocupes, Maria Luísa. Acabo de receber um email da Editora a dizer que as diligências no sentido de conseguir uma sala para sessão de lançamento e autógrafos surtiram efeito e, em breve, poderei fazer o lançamento ao vivo. Aceitei uma dessas encomendas para o nosso amigo Fisga, mas não vou poder aceitar mais porque terei de pagar pelos livros e não tenho forma de adiantar o dinheiro. Sobretudo porque me caiu o parafuso de um pivot (incisivo superior) e ainda não sei como o vou pagar. Vou-me manter em contacto contigo para te dar novidades sobre o local, data e hora da sessão de lançamento onde também irá haver exposição das mnhas telas. Só espero já não estar "desdentada" nesse dia! Compras nessa altura, pode ser?
Um grande, grande abraço.


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:30
Mª. João
Eu entretanto, combinei com o Eduardo e é ele
que vai resolver o assunto. Nada lhe digas, acerca
de acertos comigo, pois vai fazer-lhe confusões.
Não te preocupes, o assunto está resolvido!
Nem fales com ele a nível do meu nome e ao livro,
isso destruía os planos que ele organizou e muito
bem. Aguardamos com calma!
bºs, M. Luísa


De poetaporkedeusker a 15 de Fevereiro de 2009 às 12:59
Está bem, Maria Luísa. Mas vai mesmo haver sessão de autógrafos com exposição das minhas telas. Pode demorar, mas vai haver.
Abraço grande.


De menina sonhadora a 14 de Fevereiro de 2009 às 11:37
Lindas e encantadoras sao as tuas palaras que entram meodicamente no espirito de todos :)
um bom dia
beijinhos


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 13:07
Morgen

Obrigada por gostares das minhas" Palavras" e as
sentires a entrar no " Portal Dourado", do teu espírito.
Agradeço a tua presença!

Beijos,

Mª. Luísa


De menina sonhadora a 14 de Fevereiro de 2009 às 13:38
nao tens q agradecer, é sempre um enorme prazer.
beijinho


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 15:20
morgen

De qualquer forma, agradeço,
a simpatia e boa vontade!

Com ternura,

Mª. Luísa


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 14 de Fevereiro de 2009 às 17:31
Quantas vezes nos perguntamos se fizemos tudo que nos estava ao alcance fazer!
Por vezes perdemo-nos de nós e do mundo, há que dar a volta por cima ,regressar e reencontrarmo-nos, connosco e com o mundo que nos rodeia, mesmo que o que vemos possamos não gostar, é o mundo, é a vida em que vivemos, com lágrimas, dor, ou sorrisos disfarçados, entre perfume de flores que nos transmite a paz desejada, e é com um sorriso ( não disfarçado) e uma mão amiga que saio desejando-te um feliz fim de semana, beijito carinhoso


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 18:53
estrelinha
É isso mesmo que tu dizes; bem traduzido o poema
e agradeço o sorriso "não disfarçado e a mão
amiga para me levantar".
Muito boa , a tua presença neste lugar e a sensação
de que os amigos, virtuais ou não, nos fazem
muita falta - por muito que se escreva, não se traduz a 1000% o que sentimos.
Alguém disse:
"É no exagero do que se escreve que se encontra
a Verdade"... Daí, por vezes, os meus exageros!
Obrigada pela tua presença e pelas tuas
palavras ao poema" Pergunto!..."

Beijos,

Maria Luísa


De maripossa a 14 de Fevereiro de 2009 às 17:36
QUERIDA AMIGA! NÃO ANDAS ESQUECIDA NEM TU NEM OS AMIGOS QUE GOSTO,O MEU TEMPO TEM SIDO TÃO POUCO,POIS ANDO A FAZER UM CURSO E TENHO TIDO ESTA SEMANA MUITO QUE FAZER,AINDA ONTEM ME DEITEI BASTANTE TARDE PARA ACBAR ALGUMAS COISAS AINDA A POUCO COMENTEI NO OUTRO BLOG TEU,GOSTEI DESTE POEMA EDAS PALVRAS NELE ESCRITAS.
BEIJINHO FICA BEM E UM BFS LISA


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 18:41
Marripossa

Agradeço muito a tua vinda, deixando os teus afazeres (muitas vezes me esqueço, dessas coisas
da vida das pessoas e no fundo, da minha própria vida); sabes, tenho estado doente, sem poder saír e isso faz-me pensar nos amigos e esquecer a vida deles. Desculpa!
Obrigada por gostares do meu poema e por responderes!

beijos,

Maria luísa
e


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 14 de Fevereiro de 2009 às 20:01
Não amiga,
eu já estive a ver e nao me adicionaste, eu vou ver se tu tens como eu o fazer, beijito carinhoso.


De M.Luísa Adães a 14 de Fevereiro de 2009 às 20:22
ESTRELINHA

Não sei como te adicionar! Para te encontrar, vou aos teus comentário e clico no teu nome.
Não te preocupes!

Bºs, M. Luísa


De Sonhosolitario a 14 de Fevereiro de 2009 às 22:16
olá amiga Luiza .em primeiro lugar desejo-te uma noite cheia de amor para si e seu marido .com muita felicidade,nos vossos corações.
pergunto eu tambem ,porque estarei aqui
será porque errei
será porque confiei
sim assim será
essa pergunta,segui perguntado sem respostas
quando encontrei a pergunta certa ,fiquei sem resposta verdadeira,
perguntei se estava certo sempre me disseram que era errado ,será assim ?
só estava perguntado !!!
um doce beijinho
adorei querida amiga Luiza -
sonhosolitario


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 09:10
sonhosolitario

Ainda bem que recebo os teus poemas; mas tens estado, bastante ausente, dos meus escritos ...
Vou reler o poema e depois vou ao teu blogs;
cuida-te! (como dizem os m/ queridos "brasileiros")

Obrigada pela tua presença e o teu comentário.
Lindo!!!

Beijos,

Mª. Luísa


De Sara V. a 15 de Fevereiro de 2009 às 01:29
Se percebi o que me escreveu... e acho que sim... digo-lhe: realmente é triste quando chega esse tempo, mas chega sempre... não importa, desde que nos agrade o que fazemos.... Já passei pelo mesmo... os tempos de ouro voltam, desde que se tenha paciência... é como em tudo na vida... Há que dar a volta, hehe!
Um beijinho
Sempre que possível sabe que estou consigo:)


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:55
Sara

É isso mesmo; será um fenómeno do rodopiar, constante, deste mundo ?

Temos de contornar o obstáculo e aceitar e
continuar! Afinal as coisas são minhas e sei
que são boas! Vou candidatar-me à Camara de Almada para lançar o Livro (não já, tenho mais
coisas a saír); fui convidada a fazê-lo!
Pode dar, pode não dar ... Mas este espaço
deixou de ser suficiente para mim! Loucuras,
claustrofobia, desejos de expandir o meu mundo.
Ao princípio adorei, ainda gosto e agradeço as
pessoas que conheci ( ??????? - 7 Pecados mortais)
mas preciso de mais, nem que seja ir para a
Natureza e "respirar". Obrigada por entenderes
e seres tão amável; obrigada por existires!...

Beijos,

Mª. Luísa

p.s. vais ser a minha" psicoterapeuta" nas horas livres!Baseia-te em mim e pinta um quadro, onde
predomine o "vermelho"...


De TiBéu ( Isa) a 15 de Fevereiro de 2009 às 02:14
Vim por agora somente te enviar um beijo de amizade. fica bem e bom domingo. Um bj


De M.Luísa Adães a 15 de Fevereiro de 2009 às 08:39
Tibeu

Um beijo de amizade é sempre aprazível;
bem hajas !É bom ter amigos, muito bom!

Bom domingo!

beijos,

Maria Luía


De Eduardo Daniel Cerqueira a 16 de Fevereiro de 2009 às 11:23
Obrigado por tudo Luísa... Beijinhos


De M.Luísa Adães a 16 de Fevereiro de 2009 às 12:13
Edu

Não tens de agradecer, eu é que agradeço a tua presença neste blogs e as tuas palavras.

Como vês coloquei uma pequena tira de jornal on de fala em Paredes de Coura e sempre que possível. torno a colocar noutros poemas, alguma coisa que
fale do "território com alma".
Também coloquei o" Brasão da Família Maldonado"
Adães, meu nome de casada, não tem brasão de família.

Há brasão de "Família" e brasão de "Nobreza";
"Maldonado é de Familia", mas tem brasão. isto
para contares ao teu Tio! . Há na net um local
onde tratam dos Brasões, eu encontrei, escrevi,
eles responderam, mas o email foi eliminado por azar
meu e hoje o procurei para descobrir a casa,
mas não encontrei.
entretanto, eles nada mais disseram! Pensaram ser brincadeira! Espero tornar a encontrar e mandar
fazer um para mim.
Esta é a história, incompleta pois não me lembro do
nome da casa, nem como procurar.
Sem problemas! Uma vez mais, agradeço me responderes.

beijos,

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão