Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

PALAVRAS!...

 

 
 
Jean Delville  /  Imagem internet
 
 
Quero amar-te mais
E sempre mais,
Dar-te o corpo e a alma,
Mas não dou as Palavras …
As palavras são minhas,
Só escrevo o que quero
Só digo o que posso dizer
Tudo o resto,
É fantasia tua e dos outros.
 
Só eu sei dos meus silêncios,
Das minhas dores,
Dos meus sofismas,
Só eu sei!
Mas quero amar-te
Acima de todas as dúvidas,
Acima de todas as intolerâncias,
Acima dos legados
Dados por mim
E alguns recusados!...
 
Apenas tu existes
No meu sentir!
Acredita,
Aproxima-te,
Vem até mim
E saboreia o encanto
Do Poeta que tudo dá
Que tudo canta,
Em horas mortas
E acorda em horas vivas,
Num outro Lugar.
 
Mas acredita, neste amor
Maior do que o tempo
Que nos resta …
E vem, sempre e sempre
Uma vez mais
E saboreia a ternura subtil
E quente,
Deste vulcão que canta
E se expande de seguida
E usa as Palavras
Do meu encanto!
 
Mas não sou tua
Nem de ninguém,
Apenas a contradição
De mim mesma!
 
E existo nas palavras que digo
E que escrevo
Tudo o resto é silêncio
E vozes caladas!
 
Mas amo-te!
 
Tão diferente o dizer…
 
Daquilo que se faz
Com outro intento
E é tormento,
De amor e desejo
Ao mesmo tempo …
 
Maria Luísa Adães
 
publicado por M.Luísa Adães às 20:39
link do post | comentar | favorito
|
40 comentários:
De maripossa a 6 de Fevereiro de 2009 às 21:58
MARIA LUÍSA ! SOU A PRIMEIRA A COMENTAR,MAS PARA DIZER QUE ADOREI O POEMA,TEM TANTO DE BELO COMO DE SENTIMENTOS.
BEIJINHO BFS COM AMIZADE LISA


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 08:54
Maripossa

Adorei encontrar-te, nesta manhã de chuva que canta comigo, os meus versos.
Obrigada por responderes aos anseios do que escrevo e por gostares.

Beijos,

Maria Luísa


De jpcfilho a 6 de Fevereiro de 2009 às 22:30
Olá Maria Luísa, amarás sempre, e te doarás corpo e alma, ás fantasias de teus versos, que se expandem como um vulcão que que indomável , expelem larvas de amor e de dor. São versos jurassicos que atravessaram milênios para te seduzir, e vais cantando essa canção que te faz poeta.
belos versos
João Costa Filho


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 08:50
jcpfolho

Sem comentários e sem palavras; lindo esse dizer de "versos jurassicos que atravessaram milénios para me seduzir e para que eu possa cantar esta canção que me faz poeta".

Lindo o que dizes! Obrigada por gostares e pela homenagem que lhe prestas!

Beijos,

Maria Luísa


De menina sonhadora a 7 de Fevereiro de 2009 às 11:14
Tana beleza envolvida em sentimentos profundos :)
Muito obrigada pela visita..
menina_snhadora :)
Mudei de nick
bjs


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 12:06
morgen

reparei na mudança de nome; agradeço a visita
neste estranho poema "Amor!...".

Mas o amor é mesmo isto que digo! É leal, quando é;
dissoluto quando entende ser;
mas mesmo assim, eu gosto dele e Ele de mim;
mas é estranho e único.

Beijos,

M. Luísa


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 12:13
morgen

Chamei ao poema "Palavras!... mas é uma contradicção do próprio poema - ele está no ciclo do Amor!

Beijos,

Mª. Luísa


De cuidandodemim a 7 de Fevereiro de 2009 às 11:33
Há palavras que queremos e precisamos guardar só para nós... Há segredos e coisas que são só nossas.
Bjns

P.s- Gosto muito da música de fundo do blog.


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 12:01
cuidandodemim

Agradeço te encontrar neste estranho e contraditório, poema "Amor!...";
mas o amor é assim ... vivido a dois, glorificado por um!

Beijos,

maria luísa


De cuidandodemim a 7 de Fevereiro de 2009 às 13:56
Infelizmente...
Bom resto de fim de semana


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 12:10
cuidandodemim

chamei-lhe "Palavras!...", mas é "Amor"...

a música de fundo é muito bonita - fala de uma
separação!

Com carinho,

Mª. Luísa


De cuidandodemim a 7 de Fevereiro de 2009 às 13:58
Sim, é uma música bonita, mas triste... E todas as separações são tristes...
Bjns


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 20:36
cuidandodemim

Todas as separações são tristes; até a minha
cadelinha, eu não vou esquecer! Bastante escrevi sobre ela; eternizei a maggie!

beijos e obrigada,

M. Luísa


De poetaporkedeusker a 7 de Fevereiro de 2009 às 12:21
Estávamos em sintonia? Há coisas que são mesmo só nossas... as palavras são mesmo nossas e podemos partilhá-las (podemos e devemos!) mas nunca impor-lhes a leitura que delas fazemos... estou, novamente, com problemas de contagem de Gigas. Não gosto de vir macular as tuas palavras com Gigas e contagens, mas isto hoje está mesmo a condicionar a minha vida...
Abraço grande!


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 20:49
Mª. João

A tua presença é uma benesse neste blogs; nada
maculas, mas sim, dás uma nova Luz;
e a Luz faz muita falta, no nosso caminho de Palavras.

Beijos,

M. Luísa


De poetaporkedeusker a 7 de Fevereiro de 2009 às 21:18
Abraço grande Maria Luísa. Muita luz e muita paz.


De M.Luísa Adães a 8 de Fevereiro de 2009 às 07:14
Mª. João

Obrigada; muita Luz

muita paz
Alegria
felocidades,

para ti, da amiga,

Maria Luísa




De angel13 a 7 de Fevereiro de 2009 às 13:43
Sempre isto ou sempre outra coisa ou nem uma coisa nem outra. Adormeço ao ler-te. Obrigado.


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 20:43
Angel13

Não tens de agradecer!
Continua a ler e adormece o sono dos "justos".

obrigada,

M. Luísa


De picarota a 7 de Fevereiro de 2009 às 13:57
Amar com o corpo e a alma para quê dar palavras ou dizê-las.Beijinho Maria Luísa e bom fim de semana.


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 20:40
Picarota


É esse o meu intento!...

beijos e agradeço,

M. Luísa


De Sonhosolitario a 7 de Fevereiro de 2009 às 15:46
olá amiga luisa ,estou aqui para lhe dizer que tenho um desafio no meu blog .por favro vá lá .e desejo-lhe um feliz fim de semana .
sonhosolitario


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 19:45
sonhosolitário

Agradeço as noticias; que tudo esteja bem!

Vou ao teu blogs, logo que possível;
força e coragem!

Beijos,

M. Luísa


De Cöllyßry a 7 de Fevereiro de 2009 às 18:40
Olá querida...As palavras são como as abelhas tem mel e ferrão...

O endereço é este___________________

http://olharindiscreto.blogs.sapo.pt

Gostei de saber que visitas as minhas poesias

Grata, terno beijo


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 19:42
collybry

Agradeço o endereço e as palavras mágicas de
"mel e ferrão".
Vou fazer mais visitas; gosto de collybry e da sua
sensibilidade a escrever e a trabalhar a
tecnologia.

com carinho,

maria luísa


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 7 de Fevereiro de 2009 às 19:27
PALAVRAS?!?!?!

Quem as tem?
Eu perdi-as quando entrei e li algum do conteudo deste blog, a tua poesia deixou-me fascinada, só me ocorre dizer-te: Parabens Mª Luisa Adães


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 19:36
---ESTRELINHA------

Não sei escrever bem o nome, mas vai servir ...
Encantou-me o encontro entre a tua pessoa e a minha e os meus poemas que fazem parte, integrante, de mim.

Obrigada pelo fascínio dos mesmos e agradeço
os "Parabéns"!

beijos,

Maria luísa Adães


De ஜॐ♥ஜ___Estrelinh@___ஜॐ♥ஜ a 7 de Fevereiro de 2009 às 19:42
As palavras são tuas,
o fascinio é meu
goza o dom da poesia
na graça que Deus te deu

os parabens? tu merece-los

Beijito carinhoso


De M.Luísa Adães a 7 de Fevereiro de 2009 às 20:28
......Estrelinha ....Obrigada pelo merecimento que me dás;

volto a encontrar-te!

beijos,

M. Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão