Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

SOLIDÃO

 

 

 

 

 

Ama a solidão,

As colinas,

Os lagos,

Os rios,

Os Oceanos,

O teu amor,

Os teus filhos e netos,

O teu clamor de justiça,

O teu esplendor,

 

 

Não esqueças - nunca -

Os teus versos ...

 

 

Ama a solidão,

O silêncio da força

que se renova,

O silêncio da força

Que brota,

de uma fonte profunda

 

 - As águas da Vida -

 

Ama a solidão,

Que só tem olhos

para o seu brilhante ideal...

dos Sonhadores

que vivem fora do Real.

 

 

Ama especialmente o teu amor,

Repousa a tua cabeça no seu peito

e sonha ... sonhos impossíveis!

 

 

Renova a tua força

no silêncio do teu coração,

cansado e dolorido

dos tempos passados

E nunca esquecidos!

 

 

Ama a solidão,

modela o teu modelo

e vive o teu silêncio,

como se fosse teu!

 

E sabes que não é,

...apenas teu!

 

 

Mas ama tudo à tua volta

e faz do amor

a tua arma mais pura

o amuleto que te salva,

 

Da solidão que procuras

sem saber ...

da solidão que sentes,

 

Como um imã,

à tua VOLTA...

 

 

E procura descansar

na solidão do amor...

que se escondeu de ti!

 

Maria Luísa Adães

 

publicado por M.Luísa Adães às 14:50
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De silvia a 25 de Setembro de 2008 às 16:44
Minha queria Luisa!
Fico muito feliz por ter conseguido o seu blog novamente, pois os seus poemas sao uma benção!
Um grande beijo
Silvia


De Maria a 25 de Setembro de 2008 às 17:00
OLá

A solidão por vezes deixa-nos tristes, mas tudo o resto é maravilhoso...Parabéns pelo poema.
Bjs


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2008 às 18:04
Maria

Como sempre os seus comentários são lindos, nostálgicos e nos dão certezas, sobre o que escrevemos.

Agradeço não se esquecer de mim e a sua presença ,é uma dádiva de Deus.

Com carinho,

Maria Luísa


De M.Luísa Adães a 25 de Setembro de 2008 às 18:09
Silvie

Obrigada por não me esquecer e considerar os meus poemas uma "Benção".

O que a Silvie escreve é de uma beleza e coragem
incontestáveis. Agradeço o que escreve sobre Jesus.
Também é uma "Benção"!

Beijos,

maria Luísa


De cuidandodemim a 25 de Setembro de 2008 às 19:58
É um dos poemas seus que mais gostei.
Transmite esperança e sabedoria...
Bjns!


De oriona a 26 de Setembro de 2008 às 01:06
Ama a solidão, esta bela e enigmática companheira.
Ama esta vida, esta dádiva Divina.

Delicadamente a solidão se faz companheira, senta junto, sorri, adormece e sempre está ali, rabiscando nas páginas da vida.

Lindo poema Maria Luisa!

Beijos!


De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2008 às 07:25
Oriona

Ainda bem que te encontro: bem hajas por gostares da minha "Solidão"!

É como tu dizes:

instala-se, põe-se à vontade e tudo é dela ...
e sem nos apercebermos, ela faz parte dos nossos momentos mais difíceis e mais íntimos.

Gostei de te receber, de estar contigo e saber que não estou esquecida.
Que tudo esteja bem ... Tudo quanto desejas e mais queres - te possa acontecer e a Solidão não esteja tão convicta de vencer - Contigo.

Com carinho, de dedico a "Solidão".Foi escrito para todos e em especial para ti!

Maria Luísa

Maria Luísa


De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2008 às 07:44
Cuidandodemim

Muito me deixa feliz quando diz "É um dos seus poemas mais belos" - vem ao encontro do que sinto!

Adoro este poema e é baseado, embora não se note,
num estudo de um teólogo alemão Karl Adam sobre a figura de Jesus O Cristo e ele diz que Jesus é o próprio Deus e não resta outra saída senão cair de joelhos e pedir: "Senhor, eu creio, mas ajuda a minha incredulidade".

Daí, talvez, para os mais sensíveis, o bater do coração com mais força...
Parabéns!

Maria luísa


De jcm-pq a 26 de Setembro de 2008 às 11:11
Olá Luísa!.

Obrigado por este belíssimo poema!.

Beijinhos.

Jcm-pq


De M.Luísa Adães a 26 de Setembro de 2008 às 11:43
jcm-pq

Me parece que é um poema muito belo; alguém me comentou que foi o poema mais lindo que eu escrevi.

Eu também amo o Poema e a figura que consegui encontrar, para o adornar!

Agradeço a sua amizade! Com mais tempo, vou visitar o seu blog.

beijos,

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão