Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

CHOVE LÁ FORA

 

 

 

 

 
É uma tarde melancólica – chove lá fora – e os sem abrigo, os doloridos, tapam-se com cartões e talvez chorem…Quem se lembra deles? Não é NATAL!
 
Em casa a música toca; enche os recantos, os lugares vazios, os espaços escondidos, as gavetas fechadas, com os meus segredos.
Apazigua a melancolia do entardecer e eu, não necessito de trapos velhos e cartões de embalagens, para me aquecer!
Não sou “um sem abrigo”… Não sou um deserdado … Não sou! Mas podia ser … Isso eu sei! Aconteceu assim…Para meu deleite! Mas sinto-me culpada!
 
Escrevo, mas as Palavras fogem amedrontadas, escondem-se, Senhoras “delas próprias”; não pertencem a este mundo, nem a mim mesma.
 
Tempo de Espera! Tempo de Amor e de Loucura no percorrer de lugares sem ruas e vielas sórdidas, retorcidas.
Possas tu que me lês, ou passas indiferente e Eu, entender a Alegria da nossa forma de viver!
 
A Vida é estranha e a minha existência paira – dividida – entre o Esplendor e a Miséria.
 
O Outono aproxima-se ou já entrou? Talvez seja meu – o meu Outono!
Caminha, como se fosse Gente! Entra despercebido e não deixa espaço para ser preenchido por estranhos que pretendam entrar na minha Porta.
 
Espero o teu regresso, na Hora certa de toda a tarde quente e aveludada deste País.
Escrevo, na esperança de ser entendida; a escrita tem um lugar especial, no meu sentir!
Precisa de guarida, de entrar em muitas casas e ainda, nos lugares sem ruas, sem abrigos e sem brilho …
 
Aceito! Espero o Meu Amigo “Da cor do Mel e do Leite” que também se chama
“Terra Prometida” – não foi lida – neste mundo Virtual, onde me encontro e escrevo em Liberdade e comento, como” Poeta esquecido” o viver daqueles…
“Sem Vida”!
 
Maria Luísa
 
publicado por M.Luísa Adães às 10:59
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Eduardo Daniel Cerqueira a 29 de Maio de 2008 às 11:33
Este tempo que aqui só dá para a melancolia... Beijinhos Luísa


De M.Luísa Adães a 29 de Maio de 2008 às 13:41
Querido Edu

Obrigada pelo teu comentário e pela tua gentileza, habitual.

"chove lá fora" é uma outra faceta do que escrevo e ela é "melancólica", mas na minha opinião "É muito boa" (modestia aparte).Sabes como eu sou e como escrevo neste espaço virtual que me foi legado, pela graça de DEUS.

Boa tarde meu amigo,

obrigada e beijos para ti e tua mãezinha.

Maria Luísa


De Sonhosolitario a 31 de Maio de 2008 às 16:36
(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸¤ .¸.•'´»(¸.•` (¸.•` (¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)

( `•.¸................."Ama a vida como ela é: `•.¸ ).................Com seus dias nublados ( `•.¸..........................e outros de sol, `•.¸ ).................Com suas lágrimas ( `•.¸..........................e seus sorrisos, `•.¸ ).................Com seus contratempos, ( `•.¸.........................e suas vitórias!" (`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸¤ .¸.•'´»(¸.•` (¸.•` (¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)
(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸¤ .¸.•'´»(¸.•` (¸.•` (¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)

( `•.¸................."Bom fim de Semana".................`•.¸ )

(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸¤ .¸.•'´»(¸.•` (¸.•` (¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)

( `•.¸................."Beijinho terno e doce".................`•.¸ )

(`'•.¸(`'•.¸ ¸.•'´) ¸.•'´)¸.•'´) «`'•.¸¤ .¸.•'´»(¸.•` (¸.•` (¸.•'´(¸.•'´ `'•.¸)`' •.¸)
ola querida amiguinha que encanto ,de poema adorei ,quando chove vejo os teus olhos fixos em mim .esta a luz do teu olhar .eluminando o meu corção.
para não se perder no infinito da escuridão .
porque não se sente o amor se não houver solidão ..
feliz fim de semana,seu amiguinho ,,,
sonhosolitario


De M.Luísa Adães a 3 de Junho de 2008 às 16:29
Sonho solitario

obrigada pelo comentário a "CHOVE LÁ FORA";

adorei o teu sentir; volta rápido.

Felicidades,

Maria Luísa


De finalmente feliz a 3 de Junho de 2008 às 12:48
ola como vai cara amiga?
gostei muito deste seu poema.Ao le-lo quase que conseguia sentir um dia de outono mesmo aqui a beira.Gosto dos textos que me conseguem transportar para outros locais.

obg pela viagem.


De M.Luísa Adães a 3 de Junho de 2008 às 16:34
finalmente Feliz

Obrigada pelo comentário a "Chove Lá Fora".

É um texto invulgar, humanista, repleto de sensibilidade e Amor ao Próximo e tão mal entendido...
Tu entendeste e comentaste, mas tantos que nada disseram... Não entendo o mundo! Não entendo!

Beijos,

Mª. Luísa


De NEOABJECCIONISMO a 12 de Junho de 2008 às 17:14
Maria Luísa.
É assim a alma do poeta. Pouco compreendido. Pouco lido. De onde lhe advém então a força? Do Céu, da Natureza, das Almas infinitas que em si subsistem.
A tua poesia tem força e exulta de nós a alegria de te sabermos poeta.
Um beijo


De M.Luísa Adães a 13 de Junho de 2008 às 18:06
neoabjeccionismo

Agradeço, uma vez mais, esta análise tão poética ao poema "Chove lá Fora".

A força do poeta - vem de DEUS - sem Ele, eu não sei escrever nem dizer!

Obrigada pela alegria de me chamar e sentir que sou poeta.

Na realidade pertenço à Associação Portuguesa de Escritores e tenho livros publicados.

Por coincidência, entrei na Net e encontrei muitos amigos que têm adorado o que escrevo.

Sinto-me feliz por ter chegado ao Senhor - tem um pseudónimo Forte- e espero visitá-lo em breve, no seu blogs e deixo de ser "Poeta Esquecido".

Beijos,
Maria Luísa


De NEOABJECCIONISMO a 13 de Junho de 2008 às 18:24
Maria Luísa.
Porquê Senhor?
E porquê uma eventual visita ao meu blog permite que deixes de ser "Poeta Esquecido"?.
Sou um mero e humilde peregrino das palavras. E como encontrei palavras com sentido. palavras com vida na tua forma poética de escrever, entrei, atrevi-me, porque sendo humilde, não deixo de ser atrevido.
Se és escritora já editada, felicito-te. Eu sou nada. mas quero ser do nada um ser diferente.
Beijos


De M.Luísa Adães a 14 de Junho de 2008 às 04:45
neoabjeccionismo

Quando, por coincidência, entrei no mundo Virtual aceitei tornar-me igual a todos - faço parte de um Todo.
Sou Poeta perdido,
Não tenho Pátria,
Não pertenço a qualquer lugar do mundo,
Distanciei-me, mercê desse Dom...

Transpuz o Limiar de Uma Porta Fechada!
Escrevo para os outros
compreendida ou não...
E sou Poeta esquecido
Num mundo em que a Poesia morreu!

Então não sou nada e sou tudo ... como qualquer um
que adere à Net,

Esqueça a minha condição de escritora publicada e veja-me como qualquer Amigo ...

É bom ter amigos e para eles, não existem títulos ou honras. Somos iguais!

Por enquanto, pertenço ao mundo virtual e fora desse mundo, sou uma pessoa comum!

Gosta do que escrevo? Então fico feliz! Quere fazer parte dos meus Amigos? Muito bem ... Se não está interessado ,,, Muito bem!

Fiz-me perceber? Escrevo e é tudo!

Mas agradeço o comentário e os parabéns que me dá.

Beijos,

Maria Luísa


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão