Quarta-feira, 19 de Março de 2008

OUÇO E SINTO

                         

 

Vislumbro uma Feira, um palco e pessoas com máscara e artistas que representam o riso e as lágrimas.

 

Na entrada é-me dada uma máscara colorida, a minha verdadeira face desaparece e caminho, suavemente, por entre a multidão alegre e descuidada. Olho a minha imagem num espelho próximo e estou transformada! Desconheço esta gente que representa no palco e ainda os que dançam à volta do mesmo. E eu, tal como eles, represento o personagem da minha peça.

 

Em passos leves olho á minha volta e sou apanhada pela multidão que dança, representa e cantam em Língua Desconhecida. Eu danço com eles; desconheço-os e para eles não existo, mas colaboro naquele Mundo escondido, onde a alegria parece ser a maior virtude. Gente que representa a Verdade? Tão diferente do meu mundo, onde se mente e atraiçoa, a cada instante e não é necessária a máscara.

 

Apenas no Carnaval! Mas, perdeu a alegria e a graça!

 

Convidam-me a representar o meu Personagem e eu recuso, com algum pesar (sou humana) e tenho de abandonar as máscaras alegres que rodopiam sem cessar e continuar a procurar … noutro LUGAR!

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por M.Luísa Adães às 11:06
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De poemasimples a 19 de Março de 2008 às 13:07
Todos vivemos num palco, mas uns representam mais do que outros. Bom seria que conseguíssemos tirar a máscara e representar a realidade. Mas acredito que ao tirar a máscara a vida tornar-se-ia insuportável, porque a realidade é dura de enfrentar. Queria ter a coragem de tirar essa máscara e dançar (enfrentar) a realidade da vida. Não gosto de máscaras mas sei que não podemos viver sem elas, para que possamos seguir um caminho nem sempre traçado por nós, mas o qual não conseguimos evitar. Um abraço deste teu amigo e até breve.


De M.Luísa Adães a 19 de Março de 2008 às 14:44
PoemaSimples

Estavas muito perto de mim quando escrevi; estranha coisa a acontecer... O computador está contigo? No teu trabalho? Eis a primeira pergunta que faço e não devia fazer!
O Caminho, dentro do possível, deve ser traçado por nós e Nada , o pode impedir. Podemos evitar caminhos que não são os nossos! E devemos fazer! Mas o nosso Caminho, fomos nós que o desbravamos com alegrias, incertezas, ilusões, vontades e formas escolhidas de "Estar no Mundo".
Acorda, meu amigo, do teu sono incerto e descobre a tua ESTRADA, mesmo que Ela te conduza ao Nada!
Enfrenta a realidade da Vida, encher a Taça com um vinho especial ,no fim de vateliana refeição. É esta a vontade do POETA!
Obrigada pela forma como comentas "AS MINHAS MÁSCARAS" ... Esta foi uma maneira de entrar, na Prosa-Poética. E muito há a dizer ...

Da Amiga,

Maria Luísa O. Maldonado Adães

19 de Março de 2008


De teresworld a 20 de Março de 2008 às 10:06
Obrigado pela sua visita no meu pequeno mundo...

O poema que dediquei ao meu Pai, descreve precisamente o meu adeus, foi provavelmente o pior dia da minha vida... Naquele dia li alguns poemas de Sophia de Mello Breyner , sabia que um pequeno fio de vida era o que lhe restava, e com palavras doces envoltas de poesia transmitia-lhe todo o meu amor...

Um beijo

Teresa


De M.Luísa Adães a 20 de Março de 2008 às 13:46
Teresa
, Esclareço; quando escrevi ... para si, o Seu Pai estava vivo e você encantada, lhe estava escrevendo. FOI ASSIM QUE EU VI!.
Estranho, difícil de entender ... Ele estava vivo , para mim ... Talvez pela Época que vivemos ,ele tivésse vindo ao seu encontro, através de mim. É a única forma de entender. Eu li o Poema "AO CONTRÁRIO".
Pode deixar de acreditar ... Não fico magoada. Mas não posso deixar de afirmar "O QUE DISSE"!.
Então, tal como JESUS ,Ele Ressuscitou, por instantes, para si !

Também estou confusa ... mas é assim,! Nada posso acrescentar!

Agradeço o seu comentário e a visita ao Blogs da Maria Luísa - que SOU EU.

Teresa Gomes é o seu nome? aseretgomes@sapo.pt?

Foi uma forma estranha de conhecimento. Não há resposta ... Só você pode entender!! Foi para si "O ENCONTRO"


Foi para si ,
O ENCONTRO!


De Sonhosolitario a 18 de Junho de 2008 às 19:36
ola amiguinha Luiza ,
OUCO E SINTO
não ouco por ouvir não sinto por sentir
não vivo por viver .vivo para entender
esta razão do meu viver .
sintir como amo por amar
ouço para aprender
a sentir o amor dos que nos amam
com o seu sentir ,com o seu querer
do nosso sentimento do nosso viver
não sinto estou escacido
porque me escaceram
sera que ja não me ouvem
sera que estou escacido no meio desta multidão
depois te tanto passar no meio desta
confução .tiram todo amor que tinha dentro do meu coração ...

seu amiguinho
sonhosolitario


Comentar post

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão