Terça-feira, 29 de Julho de 2008

JOGO DE PALAVRAS E FIGURAS

Deixa que estas palavras atravessem o Espaço

E dá-me a Alegria imensa de Viver!

 

 

 

 

 

 

Embalei as palavras
Na minha mão
E joguei,
Um último jogo
Feito de tudo quanto sei
E tudo quanto sou!

 

Alinhei as palavras na mesa

Vestida de Cerimónia
E Elas correram céleres
Para a Grande Vitória.
Fiz o jogo que sei jogar!
 
Juntei às Palavras
As Figuras do meu jogo
E elas responderam com ansiedade,
Ao meu desejo,
Juntaram-se … Dominaram!
 
Deixei esta ânsia de dizer,
Neste sentir de Outono a fenecer.
 
Tudo vai ser esquecido,
Como se da Noite
Se apagassem as últimas Luzes,
Feitas das lantejoulas
Do Firmamento a escutar!
 
Jogo, sem ter o desencanto
De quem perde…
É uma benesse a recordar,
É uma mistura de palavras e figuras
E acompanha o Espaço Sideral,
Num conjunto de doacção Total!
 
 
Jogo com as palavras e as figuras
Num jogo Ancestral…
 
 
Por Ti e por mim
Meu Amor,
Este Jogo Fatal
Irreal,
De quem procura e não encontra,
A parte FINAL!
       
                   
 
                       Maria Luísa
 
publicado por M.Luísa Adães às 11:45
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Julho de 2008

JOGO DE PALAVRAS - aos Amigos

 

 

 

 

Jogo o meu jogo,

Num mundo meu e teu
E de tantos outros …
 
Jogo o meu jogo de palavras
Nem sempre amadas,
Nem sempre entendidas,
Nem sempre benévolas,
Nem sempre amáveis…
 
Vivas,
Vibrantes,
Calmantes,
 Meigas,
Saltitantes,
 
Como a vida
Por nós procurada
E por vezes… Encontrada!
 
E tantos me aceitam
E tantos me repudiam
E tantos me esquecem
No clamor do dia
E da noite de luzes…
…A acender e a apagar!
 
Mas continuo o meu Jogo de Palavras!
 
E aprendo outro jogo,
O jogo de entender os outros
E olhar esses outros,
Como se eles fossem os parceiros,
Do meu jogo …
 
E amo-os como Amigos,
Como Irmãos,
Como Luz,
A acender … apagar
E a Noite a chegar…
 
E volto a jogar
Com Eles!...
 
Meus Amigos,
Meus Irmãos.
 
 
 
Homenagem,
 
aos que longe e perto...
Me procuram!
 
 
 
          Maria Luís
publicado por M.Luísa Adães às 10:03
link do post | comentar | ver comentários (35) | favorito
|
Domingo, 13 de Julho de 2008

NADA!...

 

 

 

 

 

Um narrador:

dois poetas, num único poeta...

Vivem da ilusão do seu estar, no Mundo!

                                      Maria Luísa

 

 

Eu não procuro Nada!

Tudo nos foi dado,

Nada ficou...

Tudo foi atraído

Às nossas Vidas.

E recebemos tudo ...

Sem clamar,

Sem fugir,

Sem lutar,

 

Apenas aceitar

E caminhar,

De pesadelo em pesadelo,

Difícil de suportar!

 

E o poeta queixa-se ...

Deixá-lo queixar-se!

Que importa?

A poesia tudo vai mudar!

 

O seu estar,

O seu pensar,

A sua forma de olhar,

O seu modo de encantar,

Tudo vai mudar!

 

E eles,

Pobres coitados

Sem reparar,

Continuam a cantar,

A escrever,

A amar,

Sem perceber ...

O seu Mundo vai terminar!

 

Ele que sou Eu,

Não sabe!

Não pode saber ...

Eu não lhe vou dizer!

 

Deixá-los aos dois,

Continuar a pensar

Que o Tudo ... Que é Nada,

Chegou ... Sem ter Chegado!

 

E a eles, nada lhes foi dado ...

Nada! ...

 

E o Nada ... Matou! ...

Eles não sabem! ...

 

Pobres Poetas,

Não têm Nada ...

... Não sabem de Nada!

publicado por M.Luísa Adães às 10:57
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Julho de 2008

NADA ME PRENDE

 

 

 

Não vou negar o dizer de palavras

Feitas do sentir mais profundo,
Mas não posso afundar-me
Na lama do Mundo…
 
Acompanho a caminhada
Delineada ao pormenor,
Mas fico aguardando
O porquê deste instante
O rodear do momento
Que não entendo…
 
Não tenho medo,
Aboli o medo ao nascer
E vim com coragem
A este mundo
Onde vou perecer!..
 
Mas sou Poeta no dizer…
Paguei em felicidade,
Doei de muitas formas
Cruéis e difíceis,
Esta loucura
De Liberdade.
 
Não vou perder-me no vulgo
Que me devora
Nem prender-me!
 
Apenas meditar
E voar…
 
 
Na minha própria Luz!
 
publicado por M.Luísa Adães às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|

.mais sobre mim

.links

.Março 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.posts recentes

. ROUBO

. Beijos/ Novo Ano Feliz

. BEIJOS

. Cantei!

. Oferta

. 11 de Setembro

. Oferta/ Evanir

. Oferta, a Maria luísa Adã...

. Cortesia de : Poesias do ...

. Três Rosas

. Oferta/ Maria/ Espanha

. Facebook/ Foto: A World o...

. Oferta/ Las cumbres del O...

. Oferta

. Pablo Neruda

. Agradecimento

. Prelúdio

. Oferta/ Novembro de 2012

. Poema sem nome

. Prémio Dardos/ 2012

. Saudade

. Juventude

. Jogos Olimpicos

. Amo!

. Oferta : www.estoyatulad...

. Bertold Brecht

. Decepcion ...

. Das Trevas para a Luz

. Primavera

. O Tempo

.favorito

. Whitney Houston

. FOGO

. NOITE

. Meu Amigo

. SEDE

. VIDA

. NUA

. Nascer e Viver

. REALIZAR

. ROSA IMORTAL


Selo do prémio dardos Oferta:-http//tintasepinceis.blogs.sapo.pt



Familia Maldonado /Brasão